Inscrições para o Sisu se iniciam nesta terça-feira (21)

O prazo para o cadastro termina nd domingo (26) e o resultado da chamada regular será divulgado no dia 28 de janeiro

Os estudantes que participaram do Enem 2019 e que pretendem cursar o ensino superior em uma universidade pública federal, devem ficar atentos! Isso porque o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre, nesta terça-feira (21), o período de inscrições para os processos seletivos das universidades que usam o Enem como critério de seleção. O prazo para o cadastro termina no domingo (26).

Para participar do Sisu no primeiro semestre de 2020, é preciso que o candidato tenha participado do Enem 2019, tendo tirado nota acima de zero na prova de redação. No momento do cadastro no sistema, o estudante deve informar o número da inscrição do Enem e a senha registrada na página do participante.

As notas do exame estão disponíveis desde a última sexta-feira (17). Para consulta-las, é preciso ter em mãos o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição.  Os candidatos que tenham perdido ou esquecido a senha do Enem, podem recuperá-las no próprio sistema.

 

Nota de corte

No momento da inscrição no Sisu, o candidato pode escolher até duas opções de curso, de acordo com a ordem de sua preferência. Ao final da seleção, o próprio sistema seleciona as melhores classificações em cada curso de acordo com as notas informadas. Caso o candidato seja aprovado nos dois cursos nos quais se inscreveu, prevalecerá a primeira escolha informada por ele.

Durante o período de inscrição, o Ministério da Educação (MEC) divulgará na página do Sisu, uma vez por dia, as notas de corte dos cursos. Essas notas são consideradas as mínimas para os candidatos ficarem entre os selecionados no curso escolhida.  De acordo com o MEC, a nota de corte é calculada a partir do número de vagas e no total de candidatos inscritos por curso.

Até o final do período de inscrição o candidato pode alterar as opções de curso. No entanto, os estudantes devem permanecer atentos às suas preferencias porque o Sisu irá considerar válida a última opção registrada no sistema.

Reservas de vagas para quem cursou o ensino médio em escola pública

As universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica participantes do Sisu oferecem vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas.

Para se candidatar a essas vagas, o participante deve, no momento da inscrição, optar pela modalidade de acordo com seu perfil. Dessa forma, os estudantes cadastrados concorrerão apenas com candidatos que fizeram a mesma opção. A partir disso o sistema irá selecionar, entre eles, aqueles que tiveram as melhores notas no Enem de 2019.

Próximos processos seletivos

Além de participar do Sisu, os estudantes podem usar as notas do Enem para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 28 de janeiro, sendo encerradas no dia 31 do mesmo mês. Quem realizou as provas do Enem também podem se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de 5 a 12 de fevereiro.

Leia também: Se sentiu prejudicado com a nota do Enem? Saiba como reclamar

Comentários
Através da Agência Brasil