O que você procura?

Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Itabirito: 90% da população reprova carnaval, em consulta pública

A decisão de realizar a festa ou não levará em consideração, também, a deliberação do Comitê Municipal de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19.
Rômulo Soares 3 de dezembro de 2021 às 09:45
Tempo de leitura
4 min
Foto: Prefeitura de Itabirito
Foto: Prefeitura de Itabirito

A possibilidade de realização do carnaval em 2022 é um tema polêmico no país, que tem trazido muitas reclamações por parcela da população, que considera o evento perigoso durante o tempo de pandemia. Para decidir se haverá ou não a realização da festa, a Prefeitura de Itabirito iniciou uma consulta pública para ouvir os itabiritenses no dia 24 de novembro.

O resultado parcial da consulta pública indica 90% de reprovação à realização do carnaval de rua no próximo ano. A iniciativa é de caráter consultivo e tem duração até o dia 9 de dezembro. A decisão de realizar a festa ou não levará em consideração, também, a deliberação, de ordem sanitária, por parte do Comitê Municipal de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19.

A secretária de Patrimônio, Cultura e Turismo de Itabirito, Junia Melillo, considera a consulta pública uma forma democrática de levar em consideração a opinião da população sobre o carnaval.


“Todos têm direito à diversão e nós estamos bastante ansiosos pelo momento da volta dos eventos presenciais, porém, como o momento ainda é delicado e exige bastante cuidado, é bom que a gente esclareça que mesmo se a maioria das pessoas se decidirem pela realização do carnaval de rua, nós ainda estaremos sujeitos à manifestação do Comitê do Covid-19 e das autoridades sanitárias”, disse a secretária.

Outro ponto que Junia esclareceu é sobre a contratação de artistas para o carnaval. De acordo com ela, nenhum contrato foi assinado e nenhuma verba foi empenhada para a realização do carnaval até o momento.

“Nós temos bastante cautela com relação a isso, vamos aguardar o fechamento dessa consulta pública, que acreditamos que é uma maneira bastante democrática de resolver essa questão. Mesmo assim, com muita cautela, porque até o último momento o Comitê do Covid-19 e as autoridades poderão se manifestar. Então, de maneira alguma, nós seríamos levianos de adiantar algum contrato ou alguma coisa que comprometesse a verba pública”, finalizou a secretária.

No próximo dia 10, ocorrerá na Casa da Ópera, em Ouro Preto, uma reunião da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais, para discutir diversas pautas, incluindo a realização do carnaval em 2022. Entre os municípios que irão participar da reunião, estão Congonhas, Itabirito e Ouro Branco que ainda não definiram se haverá o evento carnavalesco no ano que vem. Mariana também estará presente. Até então, haverá carnaval na Primaz de Minas Gerais. A reunião terá início às 8h e tem a previsão para terminar às 12h.

Para votar na consulta pública sobre a realização do carnaval em Itabirito no ano que vem, basta clicar aqui.

Situação da Covid-19 em Itabirito

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, nesta quinta-feira, 2 de dezembro, 13.926 casos de Covid-19 foram confirmados em Itabirito e 162 pessoas morreram pela doença na cidade.

O “vacinômetro” da Secretaria de Estado de Saúde indica que, em Itabirito, 45.734 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 com a primeira dose, 38.347 com a segunda, 1.241 com a dose única e 2.570 itabiritenses receberam a dose de reforço. Portanto, 90,5% da população da cidade está parcialmente imunizada e 78,38% recebeu a imunização completa.

Itabirito está na Onda Verde, a mais flexível do plano Minas Consciente, que permite a realização de eventos, seguindo protocolos sanitários.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.