20.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 5 dezembro 2022

Renova Excursão

Polícia Ambiental prende 9 pessoas em flagrante por extração mineral clandestina, em Itabirito (MG)

Durante a operação foram apreendidos dois carros, cinco carretas, uma escavadeira, celulares e rádios comunicadores

A Polícia Militar do Meio Ambiente prendeu, em flagrante nessa terça-feira (27), nove pessoas envolvidas com a extração mineral clandestina no Balneário Água Limpa, em Itabirito, na região Central de Minas Gerais. As prisões foram ratificas pela Polícia Federal.

De acordo com notícia veiculada no G1, os envolvidos responderão pelos crimes 2º da Lei 8.176/91 (Usurpação do bem público) e no art. 55 da Lei 9.605/98 (Extração ilegal de minério) e, se condenados, poderão cumprir até 6 anos de detenção mais multa.

“A PF esteve no local e constatou que estão bem claros os indícios da atividade de extração ilegal de minério, a qual é executada durante a madrugada sem qualquer documentação, autorização ou licença, o que retira dos conduzidos qualquer argumento de falta de dolo ou conhecimento da ilicitude do fato”, esclareceu a corporação.

Polícia Ambiental prende 9 pessoas em flagrante por extração mineral clandestina, em Itabirito (MG)
Nove pessoas presas em flagrante em Itabirito. — Foto: Polícia Federal / Divulgação

A atividade ilegal acontecia em área de preservação ambiental. No momento em que chegou no local, caminhões com carga de minério de ferro estão prontos para transportar o material retirado pela escavadeira sem autorização dos órgãos públicos.

O local da extração ilegal estava sendo monitorado pelas forças de segurança há mais de 1 ano, contudo em outras operações da polícia, os suspeitos conseguiram fugir.

Durante a operação foram apreendidos dois carros, cinco carretas, uma escavadeira, celulares e rádios comunicadores.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: