Itabirito permanece sem casos de coronavírus confirmados

Localizada no Colar Metropolitano de Belo Horizonte, Itabirito continua sem testes positivos para o coronavírus. A cidade com pouco mais de 50 mil habitantes possui, até esta quarta-feira (29), 36 casos suspeitos para o vírus. Outros 426 casos que passaram por investigação fora excluídos ou descartados.
A cidade que antes seguia as orientações do Ministério da Saúde, agora mudou o posicionamento quanto ao distanciamento social e permitiu a reabertura do comércio local, seguindo um protocolo de segurança elaborado pela Secretaria de Saúde para que a retomada das atividades econômicas não facilite a disseminação ou entrada do vírus em Itabirito.
Embora Itabirito faça parte da região Metropolitana da capital mineira, ela é relativamente distante, 67 quilômetros separam as duas cidades. Até esta quarta-feira (29), Belo Horizonte já contabiliza 561 casos confirmados para o coronavírus, dos quais 16 pessoas foram a óbito pela Covid-19, doença gerada pelo vírus. Contudo, Itabirito, assim como a cidade de Ouro Preto, não possui confirmações concedidas pela Secretaria Municipal de Saúde, realidade essa que a cidade histórica de Mariana não vive, pois nela já há 18 casos confirmados, sendo um óbito.

Como o coronavírus é transmitido?

O Ministério da Saúde classificou a disseminação do coronavírus no Brasil como Transmissão Comunitária a partir do dia 20 de março, antes disso estavam sendo investigados somente pessoas que viajaram para o exterior. Agora, qualquer pessoa que manifestar os sintomas da Covid-19, ainda que a Saúde não saiba a origem da doença, pode se enquadrar como caso suspeito e passar a ser investigado, seja por exame laboratorial ou levantamento de informações clínicas.
Como o coronavírus trata-se de uma nova infecção, cientificamente ainda há poucas informações, e embora já esteja sendo estudada, ainda não há vacina para precaver ou medicamento para combater o vírus no corpo humano. Apesar disso, a Organização Mundial da Saúde divulgou algumas formas de se proteger contra o novo vírus, informando as principais formas de contração, que se assemelha ao contágio da gripe, confira:
– O coronavírus pode ser contraído a partir de gotículas de saliva
– Espirros
– Tosse
– Catarro
– Aperto de mãos, beijo, abraço
– Objeto ou superfícies contaminadas

Comentários