Lei para eventos em BH é aprovada em 1° turno; Carnaval pode ser afetado

Por

Um projeto de lei, que visa vetar eventos com aglomeração de pessoas num raio de distância menor que 200 metros de hospitais, casas de repouso e templos em Belo Horizonte, foi aprovado em primeiro turno. Apesar dos autores da proposta negarem, a nova lei poderia colocar em risco o Carnaval de BH. A festa é o maior evento realizado na capital mineira.

A ideia do projeto, segundo os seus autores, não é prejudicar a agenda cultural belo-horizontina, mas sim garantir o direito de ir e vir das pessoas. O vereador Fernando Borja (Avante) falou, em entrevista a Rádio Itatiaia, que a medida só vale para aglomerações. Ou seja, não seria permitido a concentração de pessoas nos locais. Isso se dá, segundo ele, pela montagem de palcos, posicionamento de banheiros químicos e uso de equipamentos potentes de som frente a estes lugares. Portanto, a passagem de blocos de carnaval, por exemplo, seria permitida. Estes pararem nos locais vetados, não seria.

Lei de eventos em BH é aprovada em 1° turno; Carnaval pode ser afetado

Crédito da foto: Karoline Barreto/CMBH

A lei para eventos, assinada pela bancada cristã, vem causando muita discórdia na Câmara dos Vereadores. Inclusive, já existem emendas que buscam a diminuição da distância mínima para 100 metros. E também existe uma sugestão de alteração solicitando que as novas regras valham apenas para eventos do calendário oficial da prefeitura.

Você pode ver o resultado completo da reunião clicando aqui.

Tags :

Postado em 5 de julho de 2019