Léo Sena: conheça o primeiro reforço do Atlético na era Sampaoli

O Atlético oficializou a contratação do volante Léo Sena na última terça-feira (16). Apesar do anúncio recente, a transferência não é novidade para ninguém, já que o próprio Goiás, antigo clube do jogador, havia confirmado a venda do atleta ainda no início do mês, no valor de R$ 4 milhões. O mais novo reforço atleticano tem 24 anos e assinou contrato de vínculo até junho de 2025.
Léo Sena é o primeiro reforço da era Sampaoli no Atlético, sendo um jogador que atende as ideias de jogo do treinador, pois, apesar de atuar na parte defensiva do campo, ele tem a proposição de jogo como característica. Além disso, o volante despertou interesse do Galo também por ter se destacado positivamente no Campeonato Brasileiro de 2019.
O novo reforço do Atlético começou nas categorias de base do São Paulo, mas acabou sendo dispensado por ser caracterizado como “muito franzino” pelos dirigentes do clube. Léo Sena chegou a pensar em abandonar o futebol, mas foi então que foi aprovado em uma peneira do Clube Atlético Diadema e, posteriormente, foi emprestado ao Rio Claro para disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em 2015, o volante foi para o Goiás, onde ficou até 2020 e conquistou três Campeonatos Goianos consecutivos (2016, 2017 e 2018).
Após o bom Campeonato Brasileiro de 2019, Léo Sena chegou a renovar o contrato com o Goiás até o final de 2020, mas acabou acertando sua transferência para o Atlético.

Características

O principal motivo da contratação de Léo Sena foi sua característica de ter bom passe e propor jogo da defesa. O técnico do Atlético, Jorge Sampaoli, já demonstrou que não gosta de trabalhar com volantes que saibam apenas desarmar, o que acontecia no Galo desde 2011. Como o estilo do jogo atleticano tende a ser mais técnico, começando desde o goleiro, o ex-jogador do Goiás se tornou uma peça viável e, além disso, o preço também pesou para o interesse alvinegro em trazer o jogador.
Apesar do bom passe de Léo Sena, ele não é um jogador com muita presença no ataque e também não exerceu a função de “jogador surpresa” no ataque, esta aí uma das explicações pelo pouco número de gols marcado pelo jogador. Talvez a presença no campo ofensivo seja algo a melhorar com Sampaoli, já que trata-se de um atleta que  atua na segunda volância.

Provocador

Léo Sena, além de ser um jogador que prende muito a bola,o que pode trazer raiva para a torcida adversária, é um cara provocador em clássicos. Ainda no Goiás, o volante fez diversas provocações ao Vila Nova, time goiano rival, e sua torcida, sendo até expulso em uma oportunidade.

Ficha técnica – Léo Sena

Nome completo: Leonardo de Souza Sena
Data de nascimento: 31/12/1995
Naturalidade: São Paulo – SP
Posição: Volante
Altura: 1,75m
Carreira: Goiás (2015 – 2020) e Atlético (2020)
Veja também: Léo Sena, Marrony, Talisca, Guedes: Galo se candidata ao Brasileirão?

Comentários estão fechados.