Leonardo Silva é eleito o maior zagueiro de Minas do século XXI em votação popular

A série de enquetes para definir a Seleção de Minas do século XXI teve a dupla de zagueiros definida e, curiosamente, foi escolhida as “Torres Gêmeas” do Atlético de 2012 e 2013, Leonardo Silva, que ficou na primeira colocação e foi escolhido como o maior dos últimos 20 anos, e Réver.

Agora, a Seleção de Minas no do século XXI já conta com Victor no gol, Marcos Rocha na lateral-direita, Leonardo Silva e Réver na zaga. Curiosamente, a escalação até aqui conta com quase todos os jogadores que foram campeões da Copa Libertadores em 2013 no Atlético.

Considerado um dos maiores jogadores da história do Atlético, Leonardo Silva jogou no alvinegro de Minas por nove temporadas, muitas vezes ostentando a braçadeira de capitão do clube. Ao lado de Réver, formou a dupla de zaga conhecida com “Torres Gêmeas”, pela altura e qualidade dos jogadores.

Pelo Galo, Léo Silva marcou um dos mais importantes gols da história atleticana, que levou a decisão da Libertadores de 2013 para os pênaltis, na qual o Atlético se sagrou campeão. E por falar em gols, essa é uma especialidade de Leonardo. O zagueiro é o maior defensor artilheiro da história do clube, com 36 gols. Sua qualidade na bola aérea fez dele um terror para as defesas adversárias.

Leonardo Silva disputou sua última temporada pelo Galo em 2019, se aposentando ao final do ano e ganhando um cargo na diretoria do clube. Léo deixou o clube com nada menos que sete títulos conquistados, sendo eles quatro estaduais, a Copa Libertadores de 2013, a Recopa Sul-Americana de 2014 e a Copa do Brasil de 2014.

Comentários estão fechados.