Lô Borges convida público a participar de clipe ‘Da Janela Lateral’

Em meio à pandemia da Covid-19, viver a quarentena com leveza é um desafio. Buscar alternativas para as novas rotinas profissionais e familiares, as mudanças de hábito necessárias, as incertezas e a saúde emocional são desafios de muitas pessoas. Diante desse cenário, oportunidades de olhar para o dia a dia com mais esperança são mais do que bem-vindas: são essenciais. A campanha começou nessa quinta-feira (9), um movimento de inspiração para o período da quarentena: “Da Janela Lateral”, nome inspirado em um trecho da canção Paisagem da Janela, de Fernando Brant e Lô Borges.

É o próprio cantor e compositor Lô Borges quem convida as pessoas de todo o país a enxergar o momento por outro ponto de vista, com a inspiração que essa canção traz.

Em vídeo, da varanda de seu apartamento, ele canta ‘Paisagem da Janela’ e convida pessoas de todo o país a fazerem o mesmo: registrarem em fotos e vídeos o que veem da janela de suas casas, cantando trechos da canção ou apenas buscando novos ares em tempos de isolamento social. O público poderá interagir via Instagram (perfil @festivalmeuvizinho) ou pelo WhatsApp (31) 98312-8164.

A ação colaborativa de envio de vídeos e fotos resultará em um novo videoclipe da música Paisagem da Janela, com participação voluntária das pessoas que se engajarem no movimento durante o período de distanciamento social. O clipe, a ser lançado pela internet no final do mês de abril, será dirigido por Conrado Almada e contará ainda com outras participações especiais. Reconhecido nacionalmente, ele esteve à frente de videoclipes de artistas como Sandy, Pato Fu, Skank, Paula Fernandes, Capital Inicial e Jota Quest. “Queremos fazer da música de Lô Borges e Fernando Brant o hino desse período de isolamento social. Convidamos todas as pessoas para olhar para os lados e sentir a presença de quem vive perto, mas nem sempre está presente. Esperamos receber milhares de registros de foto e vídeo, cenas vistas das janelas das casas das pessoas. Os que desejarem, poderão cantar trechos da música também. Vai ser incrível!”, conta o diretor audiovisual, empolgado com o movimento.

Fato é que o confinamento traz à tona um outro protagonismo para a rotina das pessoas dentro de casa. Lô Borges acredita que a crise do coronavírus nos estimula a observar o mundo com um outro olhar, tanto para quem está em casa ou para quem precisa trabalhar em alguma atividade essencial.

“O que antes era trivial, a nossa casa, a nossa vizinhança, a nossa cidade, a paisagem que vemos pela janela, tudo ganha um significado mais marcante. Por isso, lançamos um convite para os brasileiros se engajarem nesse propósito”, afirma o cantor e compositor que, atendendo às recomendações dos órgãos de saúde, está em casa, compondo canções para seu novo álbum.

O vídeo em que Lô convida o público para participar do movimento foi gravado por ele mesmo, pelo telefone celular, e por um drone na área externa do apartamento, com total segurança.

“Da Janela Lateral” é uma iniciativa do Hermes Pardini, grupo de medicina diagnóstica com atuação em todo o Brasil, por meio do programa Meu Vizinho Pardini, que estimula o engajamento entre as equipes do laboratório e seus vizinhos em Minas Gerais, São Paulo e Goiás. A empresa tem sido uma das protagonistas do esforço nacional de resposta à pandemia do coronavírus no Brasil. Por seu papel relevante, direcionou sua presença digital para dar esclarecimentos técnicos e orientações objetivas sobre o funcionamento de seus serviços. Paralelamente, o laboratório busca entregar à sua audiência uma outra natureza de informação em saúde: mais leve, propositiva e com um olhar ampliado sobre o que faz bem.

Como o público vai participar e interagir

As fotos e vídeos devem ser enviados:

  • Via direct no Instagram, pelo perfil @festivalmeuvizinho
  • Pelo WhatsApp (31) 98312-8164, canal exclusivo da campanha para tirar dúvidas e receber os conteúdos

Durante as duas semanas de mobilização em todo o país, imagens selecionadas serão publicadas no perfil como forma de estimular a participação #DaJanelaLateral.

Comentários