Mariana confirma 15 casos e um óbito por coronavírus

O prefeito de Mariana, Duarte Jr, através de uma live em sua conta no Instagram, divulgou, junto do Secretário de Saúde, Danilo Britto, que há 15 casos confirmados de coronavírus na cidade, destes, 13 foram examinados através do teste rápido, e três foram através de exame enviado à Fundação Ezequiel Dias (Funed).
E ainda, 372 estão sendo monitorados em Mariana e 303 já foram monitorados por 14 dias e dispensados. Além disso, quatro pacientes aguardam o resultado pelo teste enviado à Funed.
Durante a live, o Secretário Danilo Britto teceu críticas ao governador Romeu Zema sobre sua postura em dizer que Minas Gerais estar mais tranquilo quanto à proliferação do coronavírus. “Era pra gente estar noticiando três casos, se não adotássemos o teste rápido. Deveria ser adotado os testes rápidos para o estado, pois a espera do resultado de um exame na Funed demora cerca de 25 dias. Então Minas não está tranquilo, está demorando a sair os resultados e apontar o número de infectados no estado.

Teste rápido

Para que haja a realização do teste rápido, os critérios determinados pelo município de Mariana são de pacientes que estão com Síndrome Respiratória Aguda Grave que estejam hospitalizados, contatos residentes no mesmo domicílio de casos confirmados, contatos sintomáticos de casos em monitoramento, profissionais de saúde e de segurança com sintomas e todos os óbitos suspeitos.
E ainda, para a realização do teste rápido em pacientes, é preciso que tenham passado sete dias com sintomas do coronavírus, após avaliação médica.
Veja também: Conselheiro Lafaiete confirma 12 casos de coronavírus

Comentários