Mariana tem primeira morte confirmada por novo coronavírus

O secretário de saúde de Mariana, Danilo Brito, confirmou na manhã desta quarta-feira (1), a primeira morte pelo novo coronavírus (COVID-19) no município. A vítima fatal foi um paciente de 44 anos cujo óbito vinha sendo investigado por apresentar os sintomas da doença. De acordo com Danilo, o homem não fazia parte de grupos de risco e que o caso ainda está em análise.

Em vídeo, Brito falou sobre o caso e afirmou, ainda, que o caso se tratou de transmissão comunitária. “É com muita tristeza que viemos informar a população de Mariana a confirmação de um óbito na nossa cidade pelo COVID. É um paciente de 44 anos. No nosso entendimento é uma transmissão comunitária, o paciente não deslocou para essas regiões de risco e também não deslocou para fora do país”, explicou.

Danilo também falou do suporte dado pelo município ao paciente e sobre a vítima não fazer parte de grupos de risco. “Dizer também que o paciente deu entrada na policlínica do município, teve toda assistência, desde utilização de aparelho respiratório à transferência para o Hospital Monsenhor Horta e depois, também, a transferência para a cidade de Belo Horizonte. Dizer que o paciente teve todo o suporte. Acompanhamos de perto. Dizer também que foi uma evolução muito rápida, então a gente tá analisando ainda, fora do grupo de risco, também. A gente precisa avaliar todo prontuário e ao longo do dia vamos trazer mais informação em relação ao primeiro óbito confirmado”, disse o secretário de saúde.

Veja o vídeo gravado pelo secretário de saúde, Danilo Brito:

Coronavírus em Mariana

De acordo com o último Boletim Informativo, divulgado ontem (31), pela prefeitura de Mariana, a cidade já teve 33 notificações do novo coronavírus, sendo que 19 estão em investigação como suspeitos, dois foram confirmados e 11 descartados, além do óbito que estava em investigação, mas que foi confirmado na manhã desta quarta-feira (1). Segundo o informativo, todos os pacientes suspeitos estão em isolamento domiciliar, bem como seus familiares.

Veja também: Em Belo Horizonte, homem com suspeita de coronavírus tem convulsões e precisou ser socorrido em casa

Comentários