Medida Provisória do Governo não impedirá avanço do setor de apostas

Por Rodolpho Bohrer
0 comment

Legalizadas no Brasil desde o final de 2018, as apostas esportivas pela internet tomaram conta do País e já fazem parte do cotidiano de muitas pessoas em nosso País. É cada vez mais comum ver apostadores tupiniquins usando seus aparelhos e fazendo seus lances em partida de futebol e de outras modalidades.

Medida Provisória do Governo não impedirá avanço do setor de apostas
Foto: Freepik

Os chamados bookmakers também estão firmando parcerias e patrocinando um crescente número de agremiações esportivas. Dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, por exemplo, somente o atual campeão, o Palmeiras, não tem acordo com alguma casa de apostas. Nos estádios estão sempre muitas placas de propaganda de tais empresas e quem assiste aos jogos pode sempre ver nos intervalos comerciais das chamadas “bets”.

Gigantes internacionais do segmento como a britânica Bet365 e a 22bet, por exemplo, já estão presentes no mercado brasileiro e com planos de investimento a curto prazo. Em nosso País estima-se que a movimentação de negócios (apostas) pelo segmento já supere a cifra de R$ 10 bilhões anuais. Isto deverá triplicar a curtíssimo prazo, tal a paixão que tomou conta da população com os lances pela internet.

A regulamentação do setor, esperada desde que o Congresso Nacional legalizou a atividade há quase cinco anos, começou a sair com o atual governo, que já estabeleceu Medida Provisória para estabelecer regras mais claras.

Alguns empresários, porém, reclamam que a taxação proposta pelo Poder Público é alta e poderia ser reduzida. O próprio ministro da Fazenda, Fernando Haddad, declarou que a Receita Federal prevê arrecadar entre R$ 12 bilhões e R$ 15 bilhões anuais com a tributação.

Apesar de o número assustar os operadores do segmento no Brasil, a verdade é que nada impedirá a expansão das apostas online em nosso País. O negócio veio para ficar e os bookmakers mantêm o otimismo em relação às possibilidades do mercado no gigante da América do sul.

O Brasil tem um imenso potencial ainda inexplorado. O País tem uma imensa população e milhões de aficionados pelo futebol e por outras modalidades esportivas. Outro ponto que desponta como diferencial está na expansão no número de aparelhos celulares.

A maior parte das apostas feitas na atualidade são por meio de smartphones e outros equipamentos móveis, que estão já anos atravessando um boom tecnológico, com avanços quase que diários. Os brasileiros estão entre os povos do planeta que mais usam celulares e muitos têm mais de um aparelho.

Qualquer pessoa com mais de 18 anos de idade e que não tenha nenhum parente já com cadastrado na casa de apostas de sua preferência pode abrir uma conta e começar a fazer seus lances pela internet. Isto pode ser feito no próprio site e se a plataforma escolhida for a mobile o interessado deve baixar gratuitamente o aplicativo correspondente.

Os sites de empresas como as acima citadas e outras estão totalmente traduzidas para o português. Na verdade, os bookmakers oferecem serviços em mais de 20 idiomas e no caso das casas internacionais, os usuários têm acesso a cerca de mil eventos diários em pelo menos 30 modalidades.

Além do futebol, esportes como basquete, vôlei, automobilismo, golfe, hóquei, turfe e muitos outros estão contemplados nas ofertas aos apostadores. Também há jogos eletrônicos (e-games), muito populares entre as pessoas mais jovens e esportes menos populares como o badminton.

Caso a pessoa não tenha muito interesse em apostas esportivas, as casas também disponibilizam cassinos virtuais que garantem quase a mesma adrenalina das unidades presenciais em praças como Las Vegas, Gibraltar e Malta, entre outras. O cliente pode participar de mãos de pôquer com parceiros de todo o mundo por meio da internet, experimentar alguma máquina caça-níqueis e muito mais!

As formas de depósito dos valores apostados são muito diversificadas, aceitando-se cartões de crédito de diferentes bandeiras, várias moedas eletrônicas e mesmo o boleto bancário. Sempre que possível a empresa permitirá os saques pelas mesmas modalidades de escolha dos usuários no caso dos depósitos.

Enfim, aparentemente nada poderá impedir a expansão das apostas esportivas pela internet. Além de legalizadas, sua regulamentação é inevitável e o interesse dos brasileiros tende apenas a aumentar. Os clubes de futebol, beneficiados por parcerias bem interessantes financeiramente, também agradecem. Boa sorte, o jogo já vai começar!

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS