Boa açãoCriançasExclusivaSaúde
Tendência

Menina de 12 anos, de Ouro Preto, ajuda bebê Emanuel, portador de síndrome rara

Uma história emocionante de solidariedade e amor ao próximo foi protagonizada por uma menina de apenas 12 anos, no caso de Emanuel, bebê que nasceu com Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE) em Congonhas. Vitória Oliveira, de apenas 12 anos, aluna do Centro Educacional Mundo Mágico, em Ouro Preto, ficou sabendo da história de Emanuel após ter contato com o “Livro de Ouro do Emanuel Lucas”, produzido por Jordana, mãe da criança. A jovem viu o livro pela primeira vez por meio de sua professora, Rose, na própria escola.

Após conhecer a história do bebê, Vitória se solidarizou e decidiu ajudar, da forma que fosse possível, iniciando assim uma linda história de amor ao próximo.

Vitória e sua mãe, Luíza – Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Segundo a mãe da menina, Luíza de Oliveira, Rose, a professora de matemática da menina, mostrou o livro em sala de aula e perguntou quem gostaria de levá-lo pra casa. Então, prontamente, Vitória se manifestou, se oferecendo para levar o livro e pedir ajuda em prol de Emanuel. A mãe conta que “Vitória tem satisfação em ajudar sempre as pessoas e sempre foi ensinado isso a ela, de ajudar ao próximo”.

Diante disso, Luíza relata que a menina chegou em casa com o livro, almoçou e resolveu ir com ele até o supermercado Cooperouro, para pedir ajuda a quem passasse pelo local. E a ideia da jovem deu certo: com o passar do tempo, Vitória conseguiu arrecadar fundos para ajudar o bebê, além de fraldas e outros suprimentos. No entanto, a mãe conta que a menina passou por algumas situações em que as pessoas desconfiavam da boa ação da menina ao arrecadar dinheiro sozinha.

“Ela fez o que muitas vezes nós adultos não fazemos, eu fiquei muito emocionada porque essa atitude partiu dela. Damos importância para detalhes, sendo que há tanta gente precisando de algo importante pra viver”, afirma a mãe da garota, em entrevista ao Mais Minas.

Vitória, assim como Emanuel também vive uma história de superação. A garota foi diagnosticada com Dislexia Disfonética aos cinco anos de idade. Esse tipo de dislexia ocorre devido a carência de percepção dos sons, o que acarreta em dificuldades com a fala, escrita e leitura. Com a ajuda da escola, a menina vem se desenvolvendo cada vez mais. Segundo Vitória, o mais importante é o amor ao próximo e a iniciativa de sempre ajudar os que precisam, do jeito que pode.

Doações

O “Livro de Ouro do Emanuel Lucas” que Vitória pegou na escola possui informações para que os interessados possam fazer doações e assinarem seus nomes, registrando a ação em prol de Emanuel.

Também é possível colaborar com o caso do Emanuel fazendo doações de suplemento, fralda ou valores em dinheiro para custear os remédios. A ajuda financeira pode ser feita por meio de conta bancária, com os seguintes dados:

Caixa Econômica Federal / Conta Poupança – Jordana Mapa de Paula
Agência número: 0136 – Operação: 013
Conta número: 00072604-6 – CPF: 129.223.216-14

Você pode conhecer mais sobre a história de Emanuel clicando na matéria abaixo.

Conheça Emanuel, bebê com síndrome rara, que precisa de sua ajuda

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar