Minas Consciente: Região Norte e Sul avançam para onda amarela; Nordeste e Sudeste para a onda branca

Por Rômulo Soares
0 comment

As cidades das regiões Norte e Sul de Minas Gerais que aderiram ao programa “Minas Consciente” poderão entrar na “Onda Amarela” a partir do próximo sábado (18). A informação foi anunciada pelo secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, nesta quinta-feira (16).

Com o avanço, comércios como salões de beleza, lojas de roupas, calçados, livrarias e papelarias poderão voltar o funcionamento nas regiões Norte e Sul de Minas.

Já as regiões Nordeste e Sudeste também terão avanço, da “Onda Verde” para a “Onda Branca” no próximo sábado. As regionais Centro-Sul e Leste do Sul já se encontram nesta fase de reabertura, em que é permitido o funcionamento de autoescolas, lojas de artigos esportivos e floriculturas.

O Minas Consciente é um plano para orientar gestores municipais, que têm a liberdade de aderirem ou não. As fases para retomada das atividades econômicas são divididas em ondas: onda verde, que só permite funcionamento de atividades essenciais; onda branca, que são as atividades consideradas menos arriscadas; onda amarela e onda vermelha, sendo esta última voltada para a retomada das atividades mais arriscadas do ponto de vista da saúde. Segundo Passalio, 200 das 853 cidades aderiram ao programa até o momento.

Coronavírus em Minas

De acordo com o último Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), divulgado na manhã desta quinta-feira, Minas Gerais tem mais de 84 mil casos confirmados de Covid-19, sendo que 1.834 pessoas morreram.

Antes era previsto o pico, agora o governo fala em “platô”, ou seja, uma estabilidade de casos ao longo dos dias. De acordo com o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, provavelmente esta semana será a com maior incidência de casos confirmados de coronavírus em Minas Gerais.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS