Na Grande BH, número de mortes por Covid-19 aumenta 40% em uma semana

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (27), o número de mortes por coronavírus na região Metropolitana de Belo Horizonte voltou a crescer rapidamente. O aumento registrado foi de 40% em relação a semana anterior.

Nessa última semana, regiões próximas a capital mineira registraram 199 óbitos, entretanto, na semana anterior, o número era ainda de 142 mortes pela Covid-19.

Em Belo Horizonte, o número de mortes ainda é o maior de todos, confirmando ao todo 459 óbitos, concentrando 55% das mortes na Grande BH. Além disso, entre as regiões próximas, apenas cinco delas não registraram mortes até o momento. O restante, sendo 29 outras regiões, já contabilizam 821 óbitos.

Nos últimos sete dias, a cidade de Belo horizonte já registrou 117 mortes. Em Ribeirão das Neves, o número de mortes chegou a 47, registrando um aumento de 62% nos óbitos em apenas uma semana. Totalizando a Região Metropolitana, ao todo já são 31.706 infectados pela Covid-19.

Números em Minas Gerais

Nesta terça-feira (28), o estado de Minas Gerais confirmou 116.645 casos registrados para o novo coronavírus desde o início das testagens. Esse número representa a soma dos casos confirmados que não evoluíram para óbito e dos óbitos confirmados por COVID-19, que foram 2.551.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, a taxa de letalidade em Minas Gerais é de 2,1%.

O total de pessoas recuperadas no estado é de 86.794. É importante ressaltar que quando mencionamos o número de recuperados, esse número diz respeito ao total de pessoas que agora estão imunes ao novo coronavírus por já terem contraído o vírus e terem se recuperado dos sintomas ou que eram assintomáticos e já passaram pelo período de 14 dias de isolamento sem agravamento causado pela contaminação. Essas pessoas agora, teoricamente, estão imunes por terem sobrevivido e desenvolvido anticorpos para o vírus responsável pela pandemia.

A Saúde do estado segue acompanhando 27.300 pacientes que já testaram positivo e que ainda não receberam alta de internação ou isolamento social.

Leia também: Itabirito passa de mil casos de Covid-19 e registra cinco óbitos

Comentários