Ultimate magazine theme for WordPress.

Não pode vacilar: Atlético precisa buscar classificação em Bogotá

Hoje (27), às 21h30 (horário de Brasília), o Atlético enfrenta o La Equidad no estádio El Campín pelo segundo jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana. A primeira partida terminou 2 a 1 para a equipe mineira, que não pode vacilar, já que o placar agregado é perigoso pelo gol qualificado fora de casa, que é o critério utilizado em caso de empate.

A Copa Sul-Americana é o principal foco do time atleticano na temporada, por isso, o técnico Rodrigo Santana poupou nove titulares no último jogo contra o Bahia, válido pelo Campeonato Brasileiro. Então, o pedido da torcida é para que os jogadores tenham foco. Por ter tomado gol em casa, o Galo não pode perder por 1 a 0, pois será eliminado. Em caso extremo, o único resultado negativo aceitável é 2 a 1 para a equipe colombiana, o que resultaria na disputa de pênaltis.

Outra preocupação para o Atlético é a altitude de Bogotá, terceira capital mais alta do mundo. São 2.600 metros de altitude que o time alvinegro terá que enfrentar, mas o treinador Rodrigo Santana quer transformar a adversidade em algo favorável ao Galo.

“Eu já tive experiência na altitude. Ela interfere bastante na velocidade da bola. O momento que você dá o pique, dá até com bastante leveza, mas o problema é quando você para. Ai que vai buscar e ar e sente a falta de oxigênio. Tendo vantagem, estando a frente no placar não vai prejudicar muito”, disse o técnico do Atlético em entrevista coletiva à imprensa.

Essa é a chance do time mineiro de conseguir alcançar, pela primeira vez, as semifinais do torneio. Por isso, a equipe titular que jogou o primeiro jogo está escalada para garantir a classificação em Bogotá.

Camisa Histórica

Não pode vacilar: Atlético precisa buscar classificação em Bogotá
Crédito da foto: Divulgação/Estádio El Campín

O estádio El Campín guarda, com orgulho, uma camisa histórica do Atlético campeão da Libertadores de 2013. Isso porque quando o Galo foi até Bogotá em 2014, para enfrentar o Independiente para defender o troféu, tinha Ronaldinho Gaúcho em seu elenco.

A camisa conta com as assinaturas de todos os jogadores do Atlético daquele ano. E, além dela, no dia seguinte ao jogo contra o Independiente na ocasião, o Galo deixou seu uniforme de 2014 também autografada por todos do elenco. O único time brasileiro a ter uma camisa permanentemente exposta no museu do estádio El Campín, é o Atlético.

Transmissão

A partida entre Atlético e La Equidad será transmitida apenas pelo canal de streaming DAZN, detentora dos direitos de imagem da Copa Sul-Americana. Para quem tiver interesse em assistir, o primeiro mês é gratuito e o cancelamento da conta pode ser feito a qualquer momento.

Comentários do Facebook