A Coreia do Sul participou pela primeira vez de uma Copa do Mundo em 1954, quando caiu na fase de grupos. Depois disso, tardou 32 anos até retornar ao torneio, em 86. De lá pra cá, se classificou para todas as edições e disputará a sua décima edição consecutiva do principal torneio de futebol do mundo. Avançou para o mata-mata em apenas duas oportunidades.

Na primeira, quando sediou o torneio junto do Japão em 2002, chegou às semifinais e conquistou o quarto lugar. Os erros crassos de arbitragem que beneficiaram os sul-coreanos no mata-mata chamaram a atenção do mundo, é verdade, mas de um jeito ou de outro, eles eliminaram Itália e Espanha naquela oportunidade, até cair para a Alemanha nas semifinais.

A segunda (e até hoje última) oportunidade na qual os sul-coreanos avançaram de fase aconteceu oito anos mais tarde, no mundial da África do Sul. Doze anos depois, tentam repetir o feito, mas sabem que precisarão se superar, já que estão em um dos grupos mais fortes da atual edição – medirão forças com Gana, Portugal e Uruguai.

O português Paulo Bento reencontrará seu país no Catar

O duelo da terceira rodada marcará o reencontro entre o treinador português Paulo Bento (53) e a seleção portuguesa. Ele, que no Brasil teve curta passagem pelo Cruzeiro, treinou os lusitanos durante quatro anos – entre setembro de 2010 e setembro de 2014. Na Copa de 2014, fez apenas quatro pontos e caiu na fase de grupos. Após passar pelo futebol brasileiro, ele treinou Olympiacos-GRE e Chongqing-CHI, até assumir o posto de técnico da seleção asiática em agosto de 2018.

Nesses quatro anos e três meses, foram 33 vitórias, 12 empates e 7 derrotas em 52 partidas disputadas. Os comandados do português fizeram uma campanha bastante sólida nas Eliminatórias Asiáticas e conquistaram a vaga na Copa com relativa tranquilidade. Entretanto, a hora da verdade é agora e os sul-coreanos prometem competir forte em busca de uma vaga nas oitavas de final.

Son segue sendo a grande referência sul-coreana

O badalado atacante do Tottenham Heung-min Son, atualmente com 30 anos, disputará sua terceira edição de Copa d