Take a fresh look at your lifestyle.

Nota de Esclarecimento sobre O REAJUSTE DA TAXA DO SEMAE DE OURO PRETO

Ontem (11), o Mais Minas publicou uma matéria referente ao  reajuste nas taxas de ligação de água e esgoto em 87,4% em Ouro Preto, matéria que também foi publicada no site institucional da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, de onde a informação foi extraída pelo Mais Minas.

A pedido do SEMAE e pelo compromisso com a verdade, o Mais Minas torna pública a nota a seguir, de autoria do SEMAE, onde são esclarecidos os equívocos encontrados na nota anterior:

 

“Foi veiculado na imprensa municipal, causou enorme polêmica nas redes sociais e até na Câmara de Vereadores de Ouro Preto, a notícia equivocada de que a TBO cobrada pelo SEMAE-OP teria sofrido um reajuste de 87% em seu valor.

O SEMAE-OP vem a público tranquilizar a população de Ouro Preto e esclarecer o equívoco em relação às taxas cobradas pelo SEMAE.

A taxa de ligação de água (fornecimento da água) e taxa de ligação de esgoto (coleta de esgoto) são retribuições pagas pelo cidadão no momento em que solicita a ligação em sua residência. Normalmente, essa taxa é paga uma única vez quando se constrói uma residência, ou seja, é o momento em que o SEMAE-OP é demandado a efetuar a conexão da rede mestra de água e esgoto, disponível ao longo da rede (rua), ao imóvel do particular (cidadão).

Essa taxa tem previsão na Lei Municipal nº 700, de 16 de setembro de 2011 e o seu valor é reajustado, anualmente, com base na Unidade Padrão Municipal – UPM. O reajuste acontece no mês de abril.

O quadro abaixo apresenta os valores para o ano de 2017 e uma comparação com os valores de 2016:

CATEGORIA

VALOR EM UPM

VALOR EM 2016

VALOR EM 2017

Taxa de ligação categoria Social

0,25

R$ 20,26

R$ 21,76

Taxa de ligação categoria A (Residencial ou Pública)

0,4

R$ 32,42

R$ 34,81

Taxa de ligação categoria B (Comercial)

0,8

R$ 64,84

R$ 69,63

Taxa de ligação categoria C (Industrial)

1

R$ 81,05

R$ 87,04


A tarifa básica operacional – TBO – (aquela paga mensalmente pelos consumidores) é o valor destinado à cobertura dos custos operacionais dos sistemas de água e de coleta de esgotos sanitários. Como é sabido, infelizmente, essa tarifa é muito aquém do que a administração pública necessita para custear suas despesas operacionais. A Lei Municipal nº 538, de 23 de dezembro de 2009, determina que essa tarifa será reajustada anualmente tendo como referência a média do IGP-M, IPCA e INPC.

Para o ano de 2017, a TBO, a partir do mês junho, terão os valores apresentados no quadro abaixo, também com comparação aos valores exigidos no ano anterior.

CATEGORIA

TBO 2016

TBO 2017

SOCIAL

R$ 8,29

R$ 8,83

RESIDENCIAL

R$ 13,80

R$ 14,72

COMERCIAL

R$ 26,85

R$ 28,65

INDUSTRIAL

R$ 50,10

R$ 53,44


Finalmente a polêmica se instalou devido ao equívoco criado em relação ao valor da unidade padrão municipal – UPM, que tinha o valor, em 2016, de R$81,05 e foi reajustada, para o ano de 2017, para R$ 87,04, conforme quadro abaixo.

VALOR DA UPM EM 2016

R$ 81,05

VALOR DA UPM EM 2017

R$ 87,04


O número 87 terminou, equivocadamente, sendo informado como reajuste percentual da TBO e da taxa de ligação de água e esgoto, quando na verdade foi o valor, em reais ($), da atualização da UPM, conforme explicitado acima.

Quaisquer dúvidas remanescentes quanto ao equívoco gerado no reajuste das taxas do SEMAE gentileza ligar para 3559-3237.”

Close