18.4 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 7 dezembro 2022

Renova Excursão

Mariana: família e amigos da vítima de assassinato na Praça Gomes Freire pedem justiça

Em memória à vítima de um assassinato brutal ocorrido no dia 13 de março, na Praça Gomes Feire, em Mariana, foi feito um ato pela família e amigos, passando pelos principais pontos do centro da cidade, na tarde do domingo, 20 de março.

Houve uma carreata partindo da Mina da Passagem, passando pela Avenida Nossa Senhora do Carmo, Praça Tancredo Neves e o Terminal Turístico. Dali, os participantes fizeram uma caminhada até a Praça Gomes Freire (Jardim), local do crime, passando pelas ruas Salvador Furtado, Padre Gonçalves Lopes, Frei Durão e Dom Viçoso. Às 17h, aconteceu a missa de sétimo dia na Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Todos os participantes do ato vestiam uma camisa branca, com uma tinta vermelha próximo ao ombro e ao pescoço, fazendo alusão ao local onde a vítima foi atingida por uma garrafa quebrada. Na camisa também estava escrito “#JustiçaPorYuri Amor e Fé”.

Prefeito interino de Mariana, Juliano Duarte (Cidadania) esteve no ato de domingo. Ele disse que também contribuiu na ideia da realização da manifestação pacífica, junto com o cunhado da vítima, com a intenção de chamar a atenção das autoridades para que o autor do crime seja punido.

“Sentimentos também a todos amigos e familiares. Assim como vocês, eu tenho o mesmo sentimento, de tristeza, de (pedir) justiça, porque ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém, ainda mais da maneira trágica e brutal que foi feito com o jovem, que tinha carteira assinada, era um pai de família, que deixou um filho, amigos, irmãs e que vai deixar muitas saudades”, declarou Juliano Duarte.

De acordo com o prefeito interino de Mariana, durante a última semana, ele esteve com o delegado da Polícia Civil de Mariana, Cristiano Castelluci, e o secretário municipal de Defesa Social, Tenente Freitas, a fim de alinhar mais ações de segurança na cidade.

“Muitas ações estão sendo feitas, mas infelizmente, meu sentimento é que foi um crime premeditado. Quando é premeditado, pode ter a segurança que for, que infelizmente, pode acontecer uma fatalidade como essa, que marcou e que a gente fica muito triste, porque foi no coração da cidade, em uma das praças mais lindas de Minas Gerais. O poder público vai apoiar e não iremos descansar enquanto o autor dessa barbárie não cumpra sua pena na cadeia”, finalizou o prefeito.

Veja vídeos do ato publicadas por Juliano Duarte por meio de sua conta no Instagram:

O crime

Um homem atingiu uma garrafa quebrada no pescoço de outro, de 25 anos, causando sua morte. A Polícia Militar conduziu a vítima até o hospital Monsenhor Horta, onde deu entrada com vida, mas veio a falecer na manhã de segunda-feira, 14.

A vítima teria se relacionado com a ex-namorada do autor e, mesmo após o término do relacionamento, o autor do crime persistia fazendo ameaças ao rapaz.

O homem que desferiu o corte no pescoço da vítima tem 32 anos e é procurado pela polícia. Ele já é conhecido no meio policial por envolvimento com tráfico de drogas.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: