27.9 C
Belo Horizonte
domingo, 29 janeiro 2023

Mariana (MG) tem saldo acumulado de 1,7 mil empregos, segundo Caged

Em todo o ano houve 10.956 contratações e 9.464 demissões

De acordo com o levantamento divulgado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a cidade de Mariana está com um saldo acumulado de 1.492 empregos no ano de 2022.

Nos 10 meses completos do ano, em três o saldo foi negativo, começando por janeiro, quando o déficit foi de 412, depois em abril, quando foram perdidos 18 empregos, e, por fim, outubro, mês em que as empresas do município mais demitiram do que contrataram, chegando a um déficit de 267 empregos formais.

Em todo o ano houve 10.956 contratações e 9.464 demissões, gerando o saldo positivo de quase 1,5 mil empregos.

O melhor mês do ano foi maio, quando a cidade teve o registro de 572 contratações de profissionais em carteira assinada.

Os três setores com melhor saldo em Mariana são o da construção civil, com saldo de 844 empregos, serviços, com 515, e comércio, que gerou 342 vagas. Indústria e Agropecuária são setores problemáticos, pois mais demitiram do que contratam, com saldo negativo de 153 e 56 empregos perdidos, respectivamente.

Em relação aos empregos gerados, os dados do Caged mostram que há uma disparidade de gênero ocupando às vagas, pois foram contratados 867 homens e 625 mulheres.

A maioria dos contratados, 530, possuem de 18 a 24 anos. Para a faixa de 65 anos ou mais, somente 7 postos de trabalho surgiram.

No tocante ao grau de instrução, 55% das vagas foram ocupados por pessoas com Ensino Médio completo, e 22% por pessoas com Ensino Fundamental incompleto. Para analfabetos, houve um déficit de 19 empregos.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: