O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Projeto que permite a construção de 10 leitos de UTI é encaminhado à Câmara de Mariana

O investimento foi avaliado em aproximadamente R$ 4,8 milhões.

Rômulo Soares 11 de novembro de 2021 às 13:05
Tempo de leitura
2 min
Foto:  Erasmo Salomão/MS
Foto: Erasmo Salomão/MS

A Prefeitura de Mariana encaminhou à Câmara Municipal nessa quarta-feira, 10, o projeto de lei que permite a construção de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a compra de todos os equipamentos e insumos necessários para o atendimento médico no município. O investimento foi avaliado em aproximadamente R$ 4,8 milhões.

“Desde o dia que assumi a prefeitura realizei o compromisso com a população que o município de Mariana pudesse ser contemplada com 10 leitos de UTI. É inadmissível nos dias de hoje, Mariana, com mais de 60 mil habitantes e uma receita financeira que começa a crescer, ainda não contar com esse importante equipamento que salva vidas. Muitas vezes, a nossa população depende de outras cidades para conseguir as transferências”, disse o prefeito interino de Mariana, Juliano Duarte (Cidadania).


Caso a Câmara Municipal aprove o projeto de lei, serão construídos 10 leitos de UTI no Hospital Monsenhor Horta. Em março deste ano, a atual gestão pública formalizou o interesse em realizar uma parceria com a Rede São Camilo, que em contrapartida, fizeram um estudo de viabilidade, com parecer técnico e financeiro, que foi favorável à solicitação.

“De acordo com o estudo, Mariana tem condições, de acordo com a nossa população, de ter 10 leitos de UTI. O estudo técnico também será enviado à Câmara de Mariana. Hoje é um passo muito importante, que será um marco na saúde pública, na cidade de Mariana, para o início da construção da UTI na nossa cidade”, complementou Juliano.

A expectativa é realizar uma parceria com a Sociedade São Camilo e implementar no Hospital Monsenhor Horta um Centro de Terapia Intensiva, que atenderá as demandas dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e também dos convênios privados.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.