18.4 C
Belo Horizonte
domingo, 27 novembro 2022

Ouro Preto registra 204 novos casos de Covid em uma semana

Essa quantidade de casos confirmados representa uma média de 29 casos por dia.

Opinião: ainda existe “político bobo” em Ouro Preto?

Tomou repercussão nas redes sociais e, claro,...
Portal Mais MinasColunasColuna do Peixe21 de Abril: Festa pra quem?
Pedro Luiz Teixeira de Camargo
Pedro Luiz Teixeira de Camargo
Pedro Luiz Teixeira de Camargo (Peixe) é Biólogo e Professor, Dr. em Ciências Naturais e Docente do IFMG.

21 de Abril: Festa pra quem?

Todo ano em Ouro Preto é a mesma ladainha quando chega o 21 de Abril: Feriado Nacional pra todo mundo e caos instalado na cidade graças às intervenções necessárias para o evento na Praça Tiradentes.

Neste ano de 2018, de maneira totalmente inexplicável, o que já gerava incômodo, conseguiu ser piorado: Cerimônia em dois locais diferentes e trânsito parado ou desviado em ainda mais pontos da área central. Faz sentido? Nenhum.

Em 2017, após inúmeras reclamações da população acerca dos incômodos de acesso ao centro histórico, a câmara de vereadores realizou uma importante audiência pública sobre este tema, solicitando aos organizadores do evento, ligados ao governo estadual, mudança de local para a entrega da famosa Medalha da Inconfidência.

Até aí tudo bem, a ideia é justa e procurava aliviar os problemas de trânsito e circulação que anualmente acontece na cidade, buscando, inclusive, trazer de volta o acesso do povo a cerimônia, coisa que faz algum tempo é dificultada graças a obrigatoriedade de pulseiras e convites.

O ponto que não faz sentido, a meu ver, é a interpretação sem nexo por parte dos organizadores à demanda da cidade tirada nesta audiência pública, foi pedida a transferência do local, não a sua realização em dois pontos diferentes causando ainda mais transtorno aos moradores locais! Parte do evento na Praça Tiradentes e parte no Centro de Convenções da UFOP? Qual a lógica?

Ás vezes, eu fico pensando com meus botões como existem sujeitos inabilidosos no meio político, algo simples de se resolver simplesmente se torna um caos por falta de interpretação de texto! Foi pedido para transferir o local do evento, não dividi-lo em dois piorando o que já estava ruim!

Como é possível que algo tão bonito e simbólico como a cerimônia do 21 de Abril possa se tornar, a cada ano, um martírio cada vez maior para quem vive e circula pelo centro de Ouro Preto? Será que é tão difícil organizar uma festa incluindo quem é da cidade e os movimentos populares?

Com a palavra, os organizadores…

Até a próxima.

Leia também:

* Esse texto é um artigo de opinião do colunista e pode não representar a posição do portal Mais Minas sobre o assunto.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: