18.4 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 7 dezembro 2022

Renova Excursão

Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto, sofre com chuvas fortes há mais de dois anos

Ontem, dia 18 de outubro de 2022, por volta das 16 horas, o maior distrito de Ouro Preto, Cachoeira do Campo, em Minas Gerias, passou por mais um cenário de fortes chuvas que destruíram telhados de casas, causaram alagamentos, curtos de energias elétricas, derrubadas de árvores e prejuízos aos comerciantes. Já são anos consecutivos em que o distrito vem sofrendo com tais chuvas. Moradores do Centro e das áreas comerciais, principalmente, sofrem com inundações quase sempre nas mesmas regiões e das mesmas formas, conforme registros dos anos anteriores.

No início de 2022, o distrito próximo a Cachoeira do Campo, Amarantina, também sofreu com chuvas fortes, o que levou a retirada de vários morardes de suas casas e perda de diversos materiais e objetos de uso domiciliar por motivo de enchentes, subida do rio e um volume intenso de chuva que não escoou. Até o momento, sobre o dia de ontem, não há registros de pessoas feridas, mas os acidentes e incidentes foram de níveis perigosos na região, a ponto de causar explosões elétricas na rede e ventos que arrancaram telhados.

Vídeo: Reprodução WhatsApp
Vídeo: Reprodução WhatsApp

Os problemas relacionados ao escoamento superficial em Cachoeira persistem, principalmente na Avenida Pedro Aleixo, enfrente ao Salesiano, colégio e patrimônio antigo cultural da região, principal rua que atravessa o Distrito. Já são mais de 2 anos em que, pelo alto volume de chuvas e pelo caminho ineficaz no qual à agua percorre para a fuga, causam inundações, de modo a prejudicar o percurso dos carros e os estabelecimentos nas áreas comerciais entorno da avenida.

O centro de Cachoeira e as inúmeras ladeiras também são alvos das chuvas, na maioria das vezes o rio sobe para acima do seu nível normal, prejudicando às pessoas, moradias e o espaço público. Projetos para revitalizações acerca da estrutura e do planejamento urbano são necessários no distrito, afim de que possa prevenir ou findar tais consequências relacionados ao escoamento da água pelos bueiros e do assoreamento do rio são urgentes reformulações no distrito.

Cachoeira do Campo conta com o governo do atual prefeito Ângelo Oswaldo, na Prefeitura de Ouro Preto, além de dois vereadores eleitos moradores do local. A população também reclama e relata que nos momentos como esses, a falta de água é um reflexo real dos acontecimentos, o que no tempo atual é pauta, já que notícias acerca das altas cobranças da Saneouro, nova empresa que obtém acordo com a Prefeitura para o abastecimento da água, vem sendo divulgadas em toda Minas Gerais, e a sociedade ouro-pretana , por motivo das altas tarifas incoerentes com a realidade do povo, protesta e não aceita essa situação atual.

Vídeo Reprodução WhatsApp

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: