O que você procura?

Cantor Moisés de Castro, de Ouro Preto, lança CD em Dubai

O músico relata que teve uma receptividade calorosa em Dubai e conta como foi essa viagem para o país árabe.
Rômulo Soares 20 de dezembro de 2021 às 16:03
Tempo de leitura
2 min
Foto: Instagram / Moisés de Castro
Foto: Instagram / Moisés de Castro

Após a reabertura para o turismo, Dubai foi sede do lançamento do CD solo “Moisés In Dubai”, do músico Moisés de Castro, de Ouro Preto. Conhecida pela sua arquitetura cosmopolita e diversidade cultural, o povo árabe tem enorme apreço à música brasileira. Esse intercâmbio iniciou em 2003, no Brazilian Week and Trade Exhibition. Desde então, artistas de rua, músicos e cantores têm buscado a promoção do seu trabalho no país.

Dubai resolveu abrir as portas com incentivo internacional ao turismo e pode auxiliar empresários que enxergam no Oriente um mercado de oportunidades, principalmente no entretenimento. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, inclusive, anunciou a abertura de uma agência de Turismo na cidade, no Fórum Invest in Brazil.


Moisés de Castro já tem agenda fechada até março de 2022. Ele comentou que a escolha por Dubai para lançar o seu novo trabalho foi para realizar um sonho de infância. “Sempre dizia aos meus pais que queria conhecer Dubai e quando a oportunidade bateu, não pensei duas vezes”.

De origem humilde, o cantor conta que foi difícil conquistar um espaço de música e realizar o seu sonho de criança. “Com o passar do tempo, as coisas simplesmente foram acontecendo, como se estivesse escrito em algum lugar que esse era o caminho que eu deveria percorrer”.

O músico relata que teve uma receptividade calorosa em Dubai e conta como foi essa viagem para o país árabe. “As pessoas de lá gostam de tudo que vem do Brasil, principalmente a música. Foi incrível a forma com as pessoas receberam a nossa musicalidade”.

Projetos para 2022

Com o lançamento de seu novo CD em Dubai, Moisés de Castro diz que está ansioso para o próximo ano, com projetos para novas gravações, inclusive de videoclipes.

“Começamos a organizar as gravações de videoclipes aqui no Brasil com uma pegada criativa e com músicas que vão desde ritmos mais lentos com para remexer o esqueleto”, finalizou Moisés.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.