O que você procura?


Em Ouro Preto, 92% dos servidores da educação estão completamente imunizados contra a Covid-19

O Sindsfop fará nova Assembleia no dia 19 de outubro para decidir se retornam às atividades presenciais ou se continuam a greve.

Rômulo Soares 4 de outubro de 2021 às 10:58
Tempo de leitura
3 min

Desde o dia 13 de setembro, as aulas presenciais estão autorizadas nas escolas de Ouro Preto, porém, por não considerarem esse retorno seguro, os servidores da educação municipal deflagraram greve e os professores continuaram lecionando de maneira remota.

Entre as exigências dos servidores para o fim da greve está o pedido de imunização completa contra a Covid-19 para toda a comunidade escolar. O secretário de Educação de Ouro Preto informou na última semana que 92% dos profissionais da educação municipal recebeu a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus.

O Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Ouro Preto (Sindsfop) tem se reunido com a Prefeitura Municipal para discutir eventuais intervenções a serem realizadas nas escolas, além de outros 23 itens relacionados à pauta. O Promotor, Dr Flávio Jordão, inclusive, participou de uma reunião intermediando as partes.

LEIA TAMBÉM:  CPI aponta erros na elaboração da tarifa de água e envolvimento do ex-gestor do SEMAE com a Saneouro e ex-prefeito

O Sindsfop fará nova Assembleia no dia 19 de outubro, para decidir se retornam às atividades presenciais ou se continuam a greve.

Ouro Preto tem 45 instituições de ensino que atendem alunos da educação infantil, fundamental e Educação Jovem adulto (EJA) e conta com 800 servidores. De acordo com o Sindsfop, 31 instituições públicas de ensino (entre escolas municipais, creches e EMEI’s) estão sem ou com pouco efetivo de profissionais.

Doses da vacina distribuídas

O Governo de Minas Gerais informou que todas as doses necessárias para imunizar os trabalhadores da Educação contra a Covid-19 já foram distribuídas para todos os municípios. O Plano Nacional de Vacinação contra o novo coronavírus define a prioridade para trabalhadores da educação, que incluem professores e demais funcionários dos estabelecimentos escolares públicos e privados dos ensinos básico, profissional e superior, credenciados em seus respectivos sistemas educacionais.

LEIA TAMBÉM:  Ouro Preto vacina jovens de 20 anos ou mais nesta sexta-feira

“O Estado fez a distribuição das vacinas contra a Covid para atender todos os trabalhadores da Educação, incluindo os do ensino infantil, do fundamental e do médio, e do ensino superior. Essas doses já foram distribuídas aos municípios e a aplicação delas no público específico fica a cargo da estratégia municipal de verificação dessa população”, contou a subsecretária de Vigilância em Saúde da SES-MG, Janaina Passos.

Situação da Covid-19 em Ouro Preto

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Prefeitura Municipal, dos 6.366 casos de Covid-19 confirmados em Ouro Preto, 6.313 estão recuperados, 131 morreram, 12 pacientes positivados estão internados e a taxa de ocupação dos leitos é de 60%.

LEIA TAMBÉM:  Chuva causa alagamentos e pessoas ficam ilhadas em Amarantina, distrito de Ouro Preto

Segundo consta no quadro de “vacinômetro” da Secretaria de Estado de Saúde, Ouro Preto tem 62.184 pessoas vacinadas contra a Covid-19 com a primeira dose, 43.849 com a segunda e 3.817 com dose única. Portanto, contando toda a população da cidade, 82,19% dos ouro-pretanos estão parcialmente imunizados contra a doença e 63% já receberam a imunização completa.

Última atualização em 4 de outubro de 2021 às 10:59