21.5 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 30 novembro 2022

Família de Cachoeira do Campo, em Ouro Preto, precisa da sua ajuda para tratamento de AVC de ex-servidora da prefeitura

Depois de anos trabalhando e ajudando pessoas, hoje a nutricionista Silvania Rossi precisa da sua ajuda

Opinião: Centro histórico de Ouro Preto tem Natal de Luz enquanto distritos vivem apagão de luz

A Ouro Preto de Natal vendida na imprensa estadual e nacional está longe da realidade da maioria da população, que está aflita com as chuvas, estradas em situação precária e o breu nas regiões longe dos holofotes culturais.

Fábrica de produtos químicos em Ouro Preto interrompe parte de suas atividades a partir desta segunda (7)

A ACTECH, fábrica especializada na produção de aluminas especiais e hidratos, anunciou, nesta segunda-feira (7), uma interrupção provisória de parte suas atividades como forma de viabilizar a fábrica.

De acordo com o comunicado, tal medida se faz necessária para que a empresa tenha tempo para buscar soluções que viabilizem a fábrica e que há a possibilidade de retorno das atividades de forma integral, ó que dependerá de uma série de fatores que serão analisados ao longo dos próximos meses.

A ACTECH chegou em Ouro Preto no mês de março, quando adquiriu as fábrica de aluminas especiais por R$ 1 real. Antes, a fábrica pertencia à Hindalco do Brasil – do grupo indiano Aditya Birla – que anunciou à venda da fábrica pelo preço simbólico, já que a fábrica estava dando prejuízos e apresentava um valor negativo durante nove meses, o que fez com que o grupo indiano optasse pela venda.

Confia a íntegra da nota da ACTECH:

“A ACTECH informa a toda a comunidade de Ouro Preto e região, aos colaboradores e aos fornecedores que por ventura estejam envolvidos com os nossos negócios que, apesar de todos os investimentos realizados nos últimos 7 meses, todas as melhorias implementadas, todo o grande esforço dos colaboradores e sócios para fins de viabilização da fábrica, teremos que interromper, provisoriamente, parte de nossas atividades a partir de hoje, dia 07 de novembro de 2022.

Tal medida se faz necessária para que possamos ter tempo para buscar soluções que viabilizem a fábrica, baseado em indicadores que implantamos e monitoramos desde o início da nossa gestão. Ressaltamos que referida medida não era o intuito inicial desta gestão, porém se fez necessária em função da inviabilidade da fábrica.

Existe a possibilidade de retorno das atividades de forma integral, porém dependerá de uma série de fatores que serão analisados ao longo dos próximos meses.

A empresa informa que está cumprindo com todas as obrigações legais exigidas nos desligamentos que estão sendo realizados.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: