O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Moradores de Santa Rita de Ouro Preto impedem hidrometração da Saneouro

Moradores do distrito foram às ruas se manifestarem contra a Saneouro e as tarifas de água que serão cobradas assim que a hidrometração completar 90%.

Rômulo Soares 16 de novembro de 2021 às 19:01
Tempo de leitura
2 min
Foto: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região
Foto: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região

Assim como aconteceu nos bairros Pocinho, Vila Aparecida e o distrito de Rodrigo Silva, a comunidade de Santa Rita também impediu a hidrometração por parte da Saneouro, empresa responsável pelos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Moradores do distrito foram às ruas se manifestarem contra a Saneouro e as tarifas de água que serão cobradas assim que a hidrometração completar 90%. De acordo com o Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região, que esteve presente no ato, a empresa queria chamar a polícia para registrar o Boletim de Ocorrência, assim como aconteceu nos bairros Pocinho e Vila Aparecida e no distrito de Rodrigo Silva. No entanto, segundo o comitê, diante da insatisfação e mobilização popular da comunidade de Santa Rita, os policiais não foram chamados.


Veja vídeos da manifestação da comunidade de Santa Rita:

Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região
Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região
Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região

A reportagem do Mais Minas entrou em contato com a Saneouro, mas até o momento desta publicação não houve resposta. Segundo a diretora administrativa e financeira da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais (ARISB-MG), Gleice Nascimento Guimarães, a empresa espera ter 90% da cidade hidrometrada neste mês de novembro e, assim, iniciar as cobranças das tarifas de água, de fato. Além disso, ainda de acordo com Gleice, o reajuste tarifário de 21,83% deverá ser aplicado em dezembro.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 16 de novembro de 2021 às 19:03