18.4 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 7 dezembro 2022

Renova Excursão

Moradores de Santa Rita de Ouro Preto impedem hidrometração da Saneouro

Assim como aconteceu nos bairros Pocinho, Vila Aparecida e o distrito de Rodrigo Silva, a comunidade de Santa Rita também impediu a hidrometração por parte da Saneouro, empresa responsável pelos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Moradores do distrito foram às ruas se manifestarem contra a Saneouro e as tarifas de água que serão cobradas assim que a hidrometração completar 90%. De acordo com o Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região, que esteve presente no ato, a empresa queria chamar a polícia para registrar o Boletim de Ocorrência, assim como aconteceu nos bairros Pocinho e Vila Aparecida e no distrito de Rodrigo Silva. No entanto, segundo o comitê, diante da insatisfação e mobilização popular da comunidade de Santa Rita, os policiais não foram chamados.

Veja vídeos da manifestação da comunidade de Santa Rita:

Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região
Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região
Vídeo: Comitê Sanitário de Defesa Popular de Ouro Preto, Mariana e região

A reportagem do Mais Minas entrou em contato com a Saneouro, mas até o momento desta publicação não houve resposta. Segundo a diretora administrativa e financeira da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais (ARISB-MG), Gleice Nascimento Guimarães, a empresa espera ter 90% da cidade hidrometrada neste mês de novembro e, assim, iniciar as cobranças das tarifas de água, de fato. Além disso, ainda de acordo com Gleice, o reajuste tarifário de 21,83% deverá ser aplicado em dezembro.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: