21.5 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 30 novembro 2022

Família de Cachoeira do Campo, em Ouro Preto, precisa da sua ajuda para tratamento de AVC de ex-servidora da prefeitura

Depois de anos trabalhando e ajudando pessoas, hoje a nutricionista Silvania Rossi precisa da sua ajuda

Opinião: Centro histórico de Ouro Preto tem Natal de Luz enquanto distritos vivem apagão de luz

A Ouro Preto de Natal vendida na imprensa estadual e nacional está longe da realidade da maioria da população, que está aflita com as chuvas, estradas em situação precária e o breu nas regiões longe dos holofotes culturais.

Ouro Preto: Polícia investiga assassinato cruel de um homem de cerca de 30 anos

A Polícia Civil de Minas Gerais está investigando o assassinato de um homem de cerca de 30 anos que foi encontrado com sinais de tortura e perfurações na cabeça, joelho e tornozelo, nas imediações da Mina de Capanema, em Ouro Preto, na região Central de Minas. As informações são da Itatiaia.

O corpo carbonizado foi encontrado no sábado (15) por brigadistas durante o combate a um foco de incêndio em um matagal às margens de uma estrada, em um local conhecido como Fazenda Santa Fé. De acordo com a publicação, inicialmente, os brigadistas acharam que fosse uma ossada de gado, mas quando chegaram perto perceberam que se tratava de um homem carbonizado.

Segundo a Polícia Militar (PM), um morador da região disse que na sexta-feira (14) viu um carro azul escuro parado no local do crime com diversos homens ao redor de um sujeito magro, que estava agachado no matagal. Com medo, o morador correu para dentro de casa e ouviu pelo menos seis disparos de arma de fogo.

Próximo ao corpo, a perícia encontrou restos de pneus queimados, o que indica que os suspeitos usaram uma técnica cruel muito conhecida entre traficantes, especialmente no Rio de Janeiro, chamada “micro-ondas”, em que a vítima é amarrada dentro de pneus para ser queimada viva.

O corpo do homem carbonizado ainda não foi identificado.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: