O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Prefeitura de Mariana Esclarece Sobre Rumores de Instalação da Ambev na Cidade

Rodolpho Bohrer 23 de agosto de 2017 às 22:09
Tempo de leitura
2 min

Em nota publicada na tarde desta quarta-feira, 23, a Prefeitura de Mariana publicou que não houve procura por parte da AMBEV ou de qualquer outro empreendimento em relação ao interesse em se sediar no município. Este assunto surgiu após a oposição ao prefeito Duarte Jr. na Câmara fazer críticas ao poder executivo pela suposta perda da oportunidade   da cidade de Mariana de sediar a empresa AMBEV, que segundo informações, irá para a cidade de Ouro Preto.

Veja a nota na íntegra:


[perfectpullquote align=”full” cite=”” link=”” color=”” class=”” size=””] A Prefeitura de Mariana esclarece que em nenhum momento a empresa Ambev ou qualquer outro empreendimento procurou a administração municipal mostrando interesse em construir uma sede no município. O que, de fato, existe é um fundo equalizador proveniente da Fundação Renova para ser um atrativo a mais para alguma empresa se alocar em Mariana. A Prefeitura ainda esclarece que algumas boas empresas estão tentando vir para Mariana, porém, neste primeiro momento, isso está sendo conduzido pelo Governo de Minas, junto à referida Fundação.
O município já colocou à disposição qualquer terreno que seja necessário ou algo que seja de obrigação municipal para que Mariana consiga diminuir a sua dependência minerária. A administração municipal conseguiu acrescentar no Termo de Transação de Ajustamento de Conduta (TTAC) a cláusula 129, que é exclusiva para a cidade de Mariana. Por tal ação é que será criado esse fundo equalizador. A administração municipal ressalta que tem trabalhado de forma consciente, transparente e responsável para a promoção do desenvolvimento de todo o município.
[/perfectpullquote]

O assunto sobre o interesse da AMBEV em Mariana se espalhou após uma reportagem do Jornal TJ Inconfidentes da TV Top Cultura, publicada no perfil do Facebook do vereador Bruno Mól. Segundo o vereador,  “a prefeitura não conseguiu manter a empresa AMBEV em Mariana, perdendo um investimento de quase 1 bilhão de reais, que geraria 250 empregos diretos e quase 1000 indiretos”. No vídeo, o vereador Bruno Mól complementa dizendo que a perda da AMBEV em Mariana mostra a ineficiência da gestão.

Clique aqui para visualizar o Vídeo da Reportagem.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 9 de setembro de 2021 às 19:34