O que você procura?

Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Velho Chico, base de sustentação para Agricultura Familiar?

gabrielrodrigues 18 de julho de 2017 às 04:07
Tempo de leitura
3 min

O Rio das Velhas é um dos mais importantes de Minas Gerais, sendo suas nascentes localizadas na Cachoeira das Andorinhas em Ouro Preto. Há anos, o maior afluente do Rio São Francisco vem sofrendo grande degradação mediante ações do homem, seja por desmatamento à beira do rio, ou por lançamentos de esgoto sanitário nos leitos, ou os dois casos juntos.

 

Plano de Manejo do Parque das Andorinhas e o Salvamento do Velho Chico

Em maio desse ano, a prefeitura municipal de Ouro Preto recebeu um plano de manejo do Parque das Andorinhas, para garantir a preservação das áreas e seu uso sustentável, no entanto, o envolvimento da sociedade no salvamento do Velho Chico é primordial, sendo que na cidade, um dos maiores problemas além da descarga de esgotos no rio, é o lançamento de objetos pelas pessoas que passam à beira das pontes.

No município ouro-pretano, é de certa normalidade que os gestores apoiem a Agricultura Familiar. Para quem não conhece, essa prática tem, além do fornecimento de alimentos – como hortaliças, ovos, quitandas, dentre vários outros itens – por parte das famílias às escolas municipais, estreitar os laços entre a comunidade – geralmente os subdistritos – e colégios das devidas localidades.


 

Porém, além de o Rio das Velhas está se tornando em Ouro Preto, um córrego com esgoto a céu aberto, nos distritos como Santa Rita, não passa de um rego, o que por diversas vezes em épocas de chuva, fez com que o “rio” transbordasse e invadisse algumas casas que o beiram, o que pode, além do lamaçal, trazer consigo fatores que podem contaminar as pessoas e animais, tendo o potencial de se tornar um caso de calamidade pública, agravando ainda mais a situação da saúde no município.

Poderia, se houvesse mais cuidado da nossa parte como cidadãos e mais investimento do setor público na preservação, fiscalização e abertura dos córregos, termos belos rios de onde as famílias que fazem parte do programa da Agricultura Familiar, pudessem aproveitar dessa água para irrigar, por exemplo, suas hortas, com a certeza de que não estivesse contaminada por esgotos descarregados nos leitos e que estaria tendo o devido tratamento para que não afetasse a vida humana.

Gabriel Rodrigues - Coluna Mancebo Vanguardista

Gabriel Rodrigues – Coluna Mancebo Vanguardista

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.