O que você procura?

Talude da Gerdau cede e invade Miguel Burnier, distrito de Ouro Preto

Não houve feridos, porém, por segurança, houve a remoção de oito famílias.
Rômulo Soares 11 de janeiro de 2022 às 15:33
Tempo de leitura
2 min
Foto: redes sociais
Foto: redes sociais

Um talude natural cedeu, na segunda-feira, 10 de janeiro, em um terreno da Gerdau atingindo Miguel Burnier, distrito de Ouro Preto. Segundo a empresa, a queda ocorreu por conta das fortes chuvas que têm atingido todo o estado de Minas Gerais nos últimos dias. 

A queda aconteceu em um terreno localizado fora das áreas operacionais da empresa e provocou um lamaçal que invadiu o distrito de Ouro Preto. Não houve feridos, porém, por segurança, houve a decisão conjunto entre a Defesa Civil, Associação de Moradores e a Gerdau para que oito famílias fossem retiradas do local e fossem alocadas em casas de parentes no centro comunitário.


“Inicialmente, houve um pequeno deslizamento de terra em rastejo com comprometimento do talude sendo necessária a retirada preventiva de oito famílias em Miguel Burnier. Em seguida, pela noite a suspeita se confirmou e o talude veio a colapsar. graças a Deus a ação preventiva, com apoio da Defesa Civil Municipal e Gerdau foram precisas”, contou o secretário de Defesa Social de Ouro Preto, Juscelino Gonçalves, ao Mais Minas.

Em nota, a Gerdau informou ao MM que o talude natural de um terreno da empresa, localizado fora das áreas operacionais, cedeu devido às fortes chuvas. A companhia reafirma que está dando o apoios às famílias de Miguel Burnier e que garante a segurança da área, além de já estar providenciando a limpeza do local.

A empresa também garante que todas as suas estruturas de mineração estão estáveis, sem alteração no nível de segurança. “A Gerdau mantém o monitoramento de suas estruturas 24 horas por dia, sete dias por semana, em tempo real, além de inspeções e auditorias periódicas”, finaliza a companhia através de nota.

Veja fotos compartilhadas pela página Miguel Burnier, no Facebook:

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 11 de janeiro de 2022 às 15:57