O que você procura?


Autoridades falam em “possibilidade de rompimento” da barragem do Brejo Grande

Elis Bohrer 2 de outubro de 2021 às 15:07
Tempo de leitura
3 min
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil

No começo da tarde deste sábado, 02, diversas autoridades do estado de Minas Gerais divulgaram uma nota alertando para um perigo iminente, a “possibilidade de rompimento da barragem do Brejo Grande, localizada em Paraisópolis (MG)”.

Na nota que chegou até a redação do portal Mais Minas mediante a Defesa Civil, é mencionado o Gabinete do Governador (GMG), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, Instituto de Gestão e Água e a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Todos esses órgãos estão trabalhando em conjunto na retirada de 61 pessoas que vivem nas imediações da barragem e em apoio a Prefeitura Municipal de Paraisópolis.

A barragem em questão foi construída na década de 70. Ela tem altura de 16 metros e comprimento de 156 metros, comportando o volume aproximado de 760.000 metros cúbicos.

A possibilidade de rompimento mencionada na nota se dá pelo fato de a barragem ter alcançado o nível três de emergência. Técnicos e engenheiros contratados pela prefeitura e técnicos do Institutos Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) chegaram a esta conclusão após inspecionar a barragem.

O relatório realizado pelo engenheiro do IGAM apontou anomalias na estrutura da barragem, sendo a principal delas um “piping” na ombreira esquerda, que significa infiltração no terreno, no caso, barragem.

Segundo a Portaria 02/2019 do IGAM, quando uma barragem chega ao nível três de emergência, ela apresenta “alta probabilidade de ruptura”. Por esta razão os trabalhos de evacuação são cruciais, pois a estas alturas já se trabalha com prevenção e diminuição de danos, principalmente mortes, que podem ser causadas pelo rompimento, tal qual ocorreu em Mariana e Brumadinho.

Das 61 pessoas, algumas já se retiraram de suas casas, se alojando em casas de familiares, outras estão em hotel custeado pela Prefeitura.

Os desalojados que possuem animais de estimação poderão deixá-los em um distrito ou em um horto florestal disponibilizado pela prefeitura.

Outros bairros

Pessoas que vivem em bairros mais afastados da barragem não estão isentas de serem acometidas pelo possível rompimento. Por isso, na manhã de hoje (02/10), um simulado de evacuação foi realizado com auxílio da COMPDEC, CEDEC, CBMMG e PMMG, que averiguaram o tempo necessário para o deslocamento dessas pessoas até um ponto seguro caso ocorra inundação.

A prefeitura está monitorando a barragem. 

Barragem Brejo Grande. Foto: Defesa Civil
Última atualização em 2 de outubro de 2021 às 15:10