Novo Padrão de Placas começa a ser usado no Rio de Janeiro

Entrou em vigor nesta última terça-feira (11), a lei que obriga os veículos brasileiros a adotarem a placa Mercosul, um tratado firmado em 2014 entre os países conveniados, com o objetivo de evitar as falsificações e padronizar as identificações dos veículos. Segundo o comunicado emitido pelo Detran do Rio de Janeiro, o estado carioca será o primeiro a usar as novas placas e elas terão o mesmo valor da placa atual de  R$ 219,35.
No primeiro momento a nova placa será destinada para os novos veículos, carros que tiveram suas placas atuais danificadas e/ou que passarão pela troca de uma nova categoria, transferência de proprietário, cidade ou estado. Também existe a possibilidade de fazer a mudança de placa  voluntariamente pagando apena as taxas necessárias.
O acordo para padronizar as placas de identificação no Brasil foi assinado em 2014 entre os países integrantes do Mercado Comum do Sul (Mercosul), que atualmente é composto pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, no qual, pretende diminuir o número de fraude e principalmente as falsificações.

O que Muda nas placas

A principal mudança está no novo padrão visual revestido com um fundo branco e uma faixa azul  na parte superior da placa, além disso, as cores das letras e os números são responsáveis por definirem as categorias de cada veículo, conforme ilustrado na imagem acima. Outra mudança será a sequência de três letras e quatros números ( AAA-0000) que passou a ser quatro letras e três números ( AAA0A00).
Ademais, a identificação de estado e município de registro foram substituídos, dando lugar somente para a inscrição “Brasil” e para os brasões dos municípios e estado que o veículo pertence.  Outro diferencial é o QR Code, um chip que permite o rastreio da placa pelos países do Mercosul, dificultando assim a clonagem.

Placa Mercosul
Placa Mercosul (Foto: Divulgação/ Detran/RJ/)

Comentários