O Atlético tem elenco para competir nas três frentes durante a temporada?

Por Lucas Barbosa
0 comment

A temporada de 2023 ainda está em seu início, mas o torcedor do Atlético Mineiro já vivenciou bastante coisa. O Galo fez várias contratações, passou por duas eliminatórias para finalmente chegar à fase de grupos da Libertadores, conquistou o tetracampeonato estadual e viu seu técnico ficar na corda bamba. E esse é só o começo de um ano que tem tudo para ser agitado para o clube alvinegro.

O Atlético tem elenco para competir nas três frentes durante a temporada?
Eduardo Coudet quer mais contratações - Foto: Atlético/Pedro Souza

Das importantes coisas que estão por vir, a inauguração da Arena MRV é uma delas. E esse, sem sombra de dúvidas, é um grande triunfo para um time que quer voltar a conquistar grandes coisas após falhar na temporada passada. O novo estádio será um grande aliado daqui para frente. Mas será que o elenco do Galo está à altura do desafio? Dá para brigar pelos títulos do Brasileirão, da Copa do Brasil e da Libertadores?

Galo já fez nove contratações em 2023, e não deve parar por aí

O Atlético foi um dos times que mais se reforçou para a temporada. Para a defesa, chegaram o lateral-direito argentino Renzo Saravia, o zagueiro uruguaio Mauricio Lemos e o ex-Internacional Bruno Fuchs. Além do também lateral-direito Paulo Henrique, que chegou do Juventude e já saiu. Após apenas três chances recebidas no estadual, ele foi emprestado ao Vasco pelo resto do ano.

Para a faixa central do campo, os reforços foram quatro. A dupla Igor Gomes e Patrick trocou o São Paulo pela equipe mineira. Além deles, o polivalente Edenílson chegou ao clube após passar quase seis anos no Internacional. Mais recentemente, foi a vez do argentino Rodrigo Battaglia se juntar ao elenco atleticano. Ele, que rodou por diferentes equipes ibéricas ao longo da carreira, estava no Mallorca-ESP. O único reforço para o ataque, mas talvez principal reforço no geral, foi o jovem Paulinho, contratado por empréstimo junto ao Bayer Leverkusen-ALE.

Paulinho tem se destacado no Galo
Paulinho tem se destacado no Galo – Foto: Pedro Souza/Atlético

Não é lá uma grande novidade o fato de o Atlético ser um dos times brasileiros mais agressivos nas janelas de transferências recentes. E a postura do clube não deve ser diferente no meio do ano. Seja lá quem for o treinador, novos reforços devem chegar. Talvez não em grande quantidade como nesse início de ano, mas reforços pontuais. A grande questão é se o contestado Eduardo Coudet ainda será o técnico até lá. Mesmo tendo vencido o Mineiro, ele esteve na ‘corda bamba’ nos últimos dias.

Número de ‘trintões’ chama a atenção, mas não é necessariamente um problema

O elenco do Atlético não parece ter nenhuma grande lacuna. É claro que reforços de qualidade são sempre bem-vindos, mas o elenco parece bem preenchido. Vale lembrar que o lateral-esquerdo Guilherme Arana deve retornar de lesão durante a temporada. Com convocações para a seleção entre 2021 e 2022, ele não atua desde setembro. No papel, o Galo tem um dos melhores elencos do futebol sul-americano e deve conseguir competir nas três frentes.

Agora, é válido observar o fato de o time ter, nesse exato momento, nada mais nada menos do que onze jogadores com idade na casa dos 30 anos de idade – além de outros que completarão 30 ao longo da temporada. É claro que isso não necessariamente significa algo negativo. É só olhar para Hulk, principal jogador do time, que apesar de completar 37 anos em julho, ostenta um físico invejável. Mas é algo a se considerar, já que alguns dos principais concorrentes contam com elencos mais jovens.

Comentários Facebook

leia também:

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS