O futebol de Minas não está na Série A

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Coronavírus: crianças homenageiam profissionais da saúde de Congonhas

Os profissionais de saúde de Congonhas foram surpreendidos com palavras e desenhos de gratidão de dezenas de crianças congonhenses....

Incêndio em fábrica de Ribeirão das Neves deixa uma pessoa ferida

Um senhor de idade ainda não divulgada foi vítima das chamas que atingiram a fábrica de tecido Ematex, localizada...

Vale é obrigada a retirar animais de área de barragem em Ouro Preto

Após elevação do nível 2 de emergência na mina Doutor, em Ouro Preto, ocorrida na última quarta-feira, 1º de...

Cadastro para receber auxílio emergencial de R$ 600 começará na terça-feira (7)

O Governo Federal lança na próxima terça-feira (07.04) um aplicativo para os trabalhadores sem cadastro nos programas sociais inserirem...

Como higienizar compras feitas por delivery durante a quarentena

Os brasileiros que já estavam se adaptando aos aplicativos que oferecem o serviço de delivery de comida pronta, como...

Calma! O Cruzeiro não foi rebaixado (ainda), embora esteja perto disso e até mereça cair para á Serie B – fato inédito na história do clube – por tudo o que fez e vem fazendo em 2019. O time que começou o ano parecendo caminhar para uma boa temporada, aos poucos foi revelando (e bota revelação nisso, afinal de contas muitas coisas ocultas e oclusas vieram à tona este ano) não ser tudo o que aparentava ser e se tornou o que vemos hoje: um time desorganizado, sem comando, sem intensidade e ineficiente dentre tantos outros pontos que poderíamos enumerar aqui, e a lista seria imensa. O time seguiu a cartilha do rebaixamento direitinho e se não cair será mais por demérito dos outros, do que por seus próprios méritos.

O Atlético por sua vez também não fica pra trás, ou seria melhor dizer não fica tanto à frente (uma vez que o time se encontra um pouco acima na tabela de classificação do campeonato). O time do Galo também faz um ano pra se esquecer. Eliminado na Sul-americana por um clube bem mais modesto, ocupa hoje a 14⁰ posição no Brasileirão, sendo que no segundo turno sua posição é a 16⁰ e chega a ser pior que a do Cruzeiro. Tal qual o Cruzeiro sua situação no campeonato não esta ainda pior por demérito dos outros.

Traduzindo, ambos os times fizeram escolhas erradas e até semelhantes nesta temporada: apostaram em uma base envelhecida, contrataram de forma equivocada, trocaram o comando mais de uma vez e na última troca (no Cruzeiro pra falar bem a verdade a última, nessa quinta, se tornou a penúltima) escolheram mal e demonstraram claramente estarem sem rumo e sem convicções.

Então podemos dizer que o futebol passou longe de Minas Gerais este ano?

Calma! Como o titulo já diz: o futebol de Minas não esta na série A, porém, na série B.

O America Mineiro, o nosso “mequinha”, está jogando futebol na série B e prestes a voltar para a A. Finalmente um time mineiro que não esta terminando o ano de forma melancólica.

O começo não foi muito animador e as previsões eram até bem pessimistas, pois na 14⁰ rodada o time mineiro amargava a lanterna da Série B e caminhava a passos largos para o rebaixamento, mas, ao contrário dos outros dois mineiros, o América, ao trocar de comando fez uma boa escolha. Sob o comando de Felipe Conceição, também conhecido como Felipe Tigrão, o América teve uma crescente considerável no campeonato. Foram 16 vitórias em 28 jogos, 8 empates e apenas 4 derrotas, com um aproveitamento de 66,6%, enquanto os dois considerados grandes de Minas foram perdendo rendimento e caindo pela tabela o América melhorou seu rendimento e foi subindo pela tabela e chega agora à ultima rodada do campeonato precisando apenas vencer o já rebaixado São Bento para voltar à elite do futebol brasileiro. Torço para que isso aconteça, pois, dessa forma, pelo menos uma pequena parte de Minas terá o que comemorar ao fim da temporada. Para as outras partes, restará lamentar, juntar os cacos e tentar melhorar e muito para a próxima temporada e, claro, ainda resta torcer para que o final não seja ainda pior.

Que no ano que vem tenhamos futebol em Minas Gerais, na série A, e desta vez com o América.

 

- Advertisement -