FutebolOlhar Esportivo

Onde foi parar o futebol?

Acompanho futebol desde sempre, e tendo acompanhado a última Copa do Mundo, a atual Copa América e acompanhando de perto o nosso campeonato nacional e até mesmo continental, uma pergunta tem me incomodado: Onde foi parar o futebol?

O futebol de verdade, o futebol jogado. Não o futebol explicado em números, tabuleiros e quadros. Não o futebol do “tatiquês”, do 4-1-4-1 ou 4-4-2; mas o futebol que dá gosto de ver, que tem criatividade, improviso, dribles e principalmente gols (objetivo maior do futebol, ou pelo menos deveria ser).

Os defensores do chamado “futebol moderno” criticam o futebol de outrora por ser técnico, mas não ter tática, “sobravam espaços no campo, a marcação era espaçada e não sobre pressão e o jogo não era tão físico”, dizem eles.

Acontece que o futebol de hoje tem muita tática e quase nenhuma técnica, além de ser extremamente físico. Abre-se mão da técnica frente à força física, e isto desde a base, a grande preocupação é em ocupar e tirar os espaços, e nesta obsessão, se esqueceram de descobrir maneiras de abrir os espaços.

O atacante precisa ajudar a defender mais do que atacar, é preciso seguir a risca o posicionamento tático passado pelo treinador. Bons jogadores ficam presos a certas faixas do campo onde praticamente se anulam, não conseguindo aproveitar o máximo de seu talento e capacidade técnica. Os gols se tornaram escassos e cada vez mais raros. Quando um time abre o placar praticamente o jogo se define, ele dificilmente buscará mais gols e o outro dificilmente conseguira encontrar uma forma de entrar em sua forte defesa, conseguindo assim reverter o placar.

A única chance de termos um bom jogo, disputado franca e abertamente, é quando um time tem a sorte de achar um gol logo no inicio do jogo, provavelmente em um lance de bola parada (treinados a exaustão), forçando o outro a “ir pra cima”, abrindo assim espaços para os contra-ataques. Jogos decisivos então a chance de o placar não sair do 0 são enormes, as quartas de final da Copa América exemplificam bem isto.

O futebol é mais do que isso, é mais do que números, é mais do que táticas explicadas em tabuleiros e debatidas em mesas redondas, muitas vezes utilizando termos difíceis de compreender e que fica parecendo até que não entendemos nada de futebol devido a complexidade das “leituras de jogo” que são expostas. O futebol é mais do que ocupar espaços, é mais do que 4-1-4-1…

O futebol é uma arte. O futebol é, e precisa ser, um espetáculo.

Seja você saudosista ou não uma hora ou outra irá se pegar perguntando: Onde foi parar o futebol?

Você pode gostar também:

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar