24.5 C
Belo Horizonte

spot_img
spot_img
spot_img

Via 040 realiza processo de seleção de operadores de pedágio em MG

Rodolpho Bohrer
Rodolpho Bohrerhttps://maisminas.org
Sócio proprietário e fundador do Mais Minas, além de graduando de Engenharia de Controle e Automação e Jornalismo. É redator de cidades, tecnologia e política.
Se preferir, OUÇA este conteúdo:    

A Via 040, concessionária responsável pela gestão da rodovia BR-040 entre Brasília e Juiz de Fora, está realizando captação de pessoas com deficiência (PcD) para a função de operador de pedágio.

As vagas são destinadas para moradores dos municípios e regiões com praças de pedágio, localizadas em Cristalina (GO), Paracatu (MG), Lagoa Grande (MG), João Pinheiro (MG), São Gonçalo do Abaeté (MG), Felixlândia (MG), Curvelo (MG), Capim Branco (MG), Itabirito (MG), Conselheiro Lafaiete (MG) e Barbacena (MG).

Para participar do processo de seleção é necessário que os candidatos tenham concluído o ensino médio. Também é desejável experiência prévia como operação de caixa, recepção e/ou atendimento e conhecimento de informática. Os profissionais serão contratados em regime de CLT, com salário compatível com o mercado, transporte, vale alimentação e PLR. O horário de trabalho é de escala 2×2.

Os interessados devem enviar seu currículo acompanhado do laudo médico atualizado para o e-mail [email protected] com assunto “Operador de Pedágio – Exclusivo PCD – nome da sua cidade”.

A Via 040 é a concessionária responsável pela gestão do trecho de 936,8 quilômetros da BR-040 entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG). O percurso compreende 35 municípios e uma população de aproximadamente 8 milhões de habitantes.

Os serviços prestados pela Via 040 foram concebidos a partir dos critérios de excelência, inovação e responsabilidade socioambiental para garantir mais segurança e conforto aos seus usuários. Entretanto, constituem também uma importante contribuição para infraestrutura brasileira em transportes e para o desenvolvimento não só das regiões atendidas pela rodovia, mas de todo o país.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: