Paredão do BBB20 desta semana reabre debate sobre abuso contra mulheres

Parece que Guilherme e Pyong só descobrirão que as questões relacionadas a abuso contra mulheres estão realmente sendo levadas a sério no Brasil após saírem do BBB20.

O paredão desta semana está sendo disputado também por Gizelly, que por sorte está apagada na disputa pela permanência na casa, contudo representa o lado feminino da história, inclusive foi vítima de Hadson, Petrix e Lucas no começo, quando os homens montavam um complô para que as mulheres fossem eliminadas antes deles. A verdade veio à tona, o Brasil não perdoou e os dois acabaram sendo eliminados. Forte indicativo de que a pauta dessa edição do programa é o feminismo.

Nessa história quem está se dando mal é o “Coreia”, que esteve desde o início ao lado das mulheres. Como bom estrategista que é, Pyong ia ganhando o coração do público aqui fora, porém por um deslize em uma festa justamente em cima do assunto mais debatido dentro e fora do BBB20, acabou o transformando em vilão. Com isso, Pyong deixou de ser popular e se tornou um forte candidato a sair da casa hoje (03).

Por outro lado, Guilherme tem se demonstrado em cima do muro, e no início do jogo ele se apoiava no lado que chamávamos de “lado dos homens”, porém, com a eliminação dos seus “comparsas”, Gui foi ficando sem saída e teve que se unir a outras pessoas. Ele iniciou então um romance com a mineira Gabi e hoje sua saída está sendo aclamada no Twitter, pois segundo os internautas o Guilherme está abusando psicologicamente de sua namorada.

A disputa está acirrada entre Guilherme e Pyong. Quem você acha que deveria sair hoje?

Leia também: Criança de 6 anos de Ouro Preto com doença rara precisa da sua ajuda.

Deixe seu comentário