Patrimônio histórico e a importância de sua conservação

A conservação do patrimônio histórico, em cidades como Ouro Preto, é de suma importância para preservar não apenas a história, mas também a identidade e a cultura de nosso povo. Neste texto, listamos algumas razões pelas quais a conservação do patrimônio das cidades históricas é fundamental.

Patrimônio histórico e a importância de sua conservação
Ouro Preto

O primeiro ponto é o fato de tais cidades serem tesouros barrocos, marcados pela riqueza do ciclo do ouro no Brasil colonial. A conservação de seus prédios e monumentos permite que as atuais e futuras gerações entendam e apreciem a rica história do país, sendo importante o cuidado de todos com isso.

O patrimônio é também uma parte fundamental da identidade cultural de uma nação. Em nossas cidades, os edifícios e as ruas históricas são testemunhas da cultura brasileira e de seu legado no tempo em que ainda éramos colonizados por Portugal.

Uma outra herança importante, e ainda mal explorada é o turismo. Municípios como os que vemos por aqui atraem turistas de todo o mundo, o que evidencia que cuidar de toda esta história gera (e pode gerar muito mais) benefícios econômicos para a comunidade local.

Os monumentos presentes nas ruas, em especial nos centros históricos, possuem um enorme potencial educacional, sendo ainda muito mal explorado sob este ponto de vista. A oportunidade de aprender através da percepção visual e das inúmeras histórias orais é algo riquíssimo para estudantes e visitantes, ajudando a divulgar a visão dos que aqui vieram (e vivem) sobre a história e a cultura brasileira.

Ainda em cima disso, tais municípios apresentam uma arquitetura e estilo únicos, que nos mostra um estilo específico do passado, preservar tudo isso permite que vários especialistas, como arquitetos e historiadores estudem e se inspirem nesse estilo.

Cidades com tanta bagagem histórica também nos fazem entender de onde viemos e como nos tornamos o que somos, para o bem e para o mal, lembrar de nossa herança cultural é fundamental para entendermos a sociedade do presente.

A restauração de edifícios tão antigos muitas vezes envolve o uso de técnicas tradicionais de construção e artesanato. Isso ajuda a manter vivas essas habilidades clássicas e apresenta a importância de profissões que, muitas vezes, não são tão valorizadas como aqui. Exemplo disso são os restauradores, que possuem até mesmo um curso superior específico no campus local do IFMG. 

Um tema que permeia o debate da construção civil no mundo todo é a sustentabilidade. Nas cidades históricas isso não é diferente, já que muitos casarões e obras do passado utilizaram técnicas hoje reconhecidas como ambientalmente saudáveis, como, por exemplo, o tijolo adobe, que está voltando com tudo no mercado.

Mais um ponto que vale ser destacado é o reconhecimento internacional. O centro histórico de Ouro Preto é famoso no mundo inteiro, sendo um dos municípios do Brasil mais lembrados pelos estrangeiros, saber explorar toda essa fama também é algo extremamente importante para sua preservação.

Em resumo, a conservação do patrimônio das cidades históricas é fundamental para manter vivo o passado, a cultura e a identidade de um país, além de proporcionar, quando bem gerido, benefícios econômicos, educacionais e sociais para a sua comunidade. É um investimento no presente e no futuro, preservando o passado para os que virão!

ARTIGOS RELACIONADOS