Polícia Militar apreende mais de 5 mil pedras de crack em Belo Horizonte

Na noite de ontem (19), a Polícia Militar (PM) encontrou um ponto de comercialização de drogas no bairro Itaipu, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, através de uma denuncia anônima. No local foram apreendidos 5.830 pedras de crack.

De acordo com a PM, ao avistarem a viatura, os suspeitos fugiram passando por cima do telhado de casas do bairro, não sendo capturados.

No local, além das pedras de crack prontas para revenda foram apreendidos uma porção de pasta de cocaína, 367 buchas de maconha e 7 balanças. Além disso, foram encontrados 50 balas de calibre 9mm, duas facas, duas tesouras, cadernos para contabilizar a venda da droga e material para embalagem.

Pena por tráfico de drogas

A Constituição Federal permite que o Poder Legislativo crie leis criminalizando o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas considerando-o inafiançável. Sendo assim, o tráfico de drogas é considerado como um crime hediondo, ou seja, de extrema gravidade.

De acordo com o Art. 33 da Lei de Tóxicos – Lei 11343/06, importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar, implica em uma pena de 5 a 15 anos.

Leia também: Dois homens são presos por tráfico, em Belo Horizonte, com drogas do Afeganistão, Paquistão e Marrocos

Comentários