Polícia Militar prende quatro autores com mandado de prisão em aberto, em Mariana e Ouro Preto (MG)

por Redação Mais Minas

A Polícia Militar prendeu, entre os dias 08 a 14 de março, quatro autores que possuíam mandados de prisão em aberto, em Ouro Preto e Mariana (MG). As informações são do 52º Batalhão de Polícia Militar.

Polícia Militar prende quatro autores com mandado de prisão em aberto, em Mariana e Ouro Preto (MG)
Foto: divulgação/52º Batalhão de Polícia Militar

De acordo com a PM, no dia 08 de março, os militares compareceram ao Fórum de Mariana, por volta de 13h, quando foi realizada consulta e constatado em desfavor de um homem, de 47 anos, um mandado de prisão em aberto. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Também em Mariana, no mesmo dia, mas no bairro Barro Preto, policiais militares realizavam patrulhamento quando por volta de 21h30, foi percebido um cheiro forte de maconha, vindo da direção de dois indivíduos que estavam sentados próximos. Foi percebido, ainda, que um deles jogou algo dentro da boca. Com a averiguação dos prontuários deles, foi constatado que o rapaz de 25 anos tinha um mandado de prisão em aberto, oriundo de Rio Branco, capital do Acre. Ele foi preso e conduzido para a Depol, para demais providências.

+ leia também: Polícia Militar prende indivíduo com mandado de prisão em aberto, que traficava drogas em Itabirito (MG)

Já na quarta-feira, dia 13, policiais militares se deslocaram para São Bartolomeu, distrito de Ouro Preto (MG), após receberem informações sobre um indivíduo que estaria com mandado de prisão em aberto em seu desfavor. O rapaz, de 27 anos, foi localizado e, após verificação, foi confirmado o mandado em seu desfavor – oriundo da cidade de Candeias (BA), pelo crime de homicídio. Diante dos fatos, o autor foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Por fim, na tarde da quinta-feira, dia 14 de março, um homem de 52 anos foi preso, após a Polícia Militar comparecer ao Fórum de Ouro Preto. Os militares verificaram seu prontuário e constataram um mandado de prisão em seu desfavor. O autor, então, foi preso e conduzido para a Delegacia de plantão, para as demais providências.

ARTIGOS RELACIONADOS

Logo Preta

Destaques

PARCEIROS