ComportamentoSaúde

Por que os homens vivem menos que as mulheres?

É comprovado! no Brasil, os homens vivem até sete anos a menos que as mulheres. Mas por que isso acontece? Bom, segundo estudos, o fato é uma consequência gerada pelos próprios homens, que muitas vezes negligenciam cuidados com a saúde.

Um exemplo disso é o medo que os homens têm de descobrir doenças. Isso faz com que eles negligenciem suas idas ao médico. Ao invés de procurar a prevenção, os homens costumam procurar a ajuda adequada quando a doença já se manifestou. Isso acaba dificultando o tratamento e consequentemente aumentando o óbito.

Segundo o coordenador de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, Danilo Campos, além disso, a maioria dos homens não possuem hábitos alimentares saudáveis e não praticam exercícios físicos regularmente. A situação piora pelo fato de que o sexo masculino tem uma tendência maior a se expor a situações de risco. Como consumo de drogas e álcool, acidentes de trânsitos causados por imprudência, e violência.

  Minas Gerais registra 125 mortes por dengue em 2019; números crescem

Estatísticas 

Foi realizado uma análise das mortes na faixa etária de 20 aos 30 anos. O estudo concluiu que quatro, a cada cinco pessoas que falecem nessa idade, são do sexo masculino. Principalmente quando a morte é causada por fatos externos como acidentes e violência.

Porém, é comprovado que existe maior morte de homens do que de mulheres em todas as faixas etárias. Os números comprovam a falta de atenção generalizada deles com a saúde. Pesquisas afirmam que cada vez mais, a saúde acaba sendo uma consequência dos hábitos e escolhas feitas na vida, mas do que a genética em si. Isso salienta a necessidade de ações promovendo a prevenção de doenças e hábitos saudáveis voltadas para o público masculino.

  Simulado de rompimento de barragem tem 40% de aprovação, em Itabira

Mas por que os homens tem esses hábitos ?

Um dos grandes problemas é que os homens são direcionados a agir dessa maneira. Desde a infância, fica claro a diferença da criação entre meninos e meninas. Os homens são ensinados a não demonstrar vulnerabilidade , nem terem cuidado consigo, poi isso infringiria sua masculinidade. Essa tendência piora na adolescência e juventude, pois eles tem a ideia de que homens tem que resistir a tudo e se arriscar mais.

Essa construção sociocultural gera a consequência dos homens não procurarem ajuda médica, o que leva ao aumento das mortes masculinas. Dessa forma, o Ministério da Saúde tem investido numa Política Nacional de Ação Integral à Saúde do Homem.

Por que os homens vivem menos que as mulheres ?
Crédito da imagem: Divulgação Ministério da Saúde

Doenças mais comuns nos homens

Câncer de Próstata

  “Homens têm medo de descobrir doenças”, destaca o coordenador de Saúde do Homem

É um dos tipos de câncer que mais atingem os homens no Brasil, pelo exame preventivo ser um grande tabu entre o gênero masculino, mesmo que seja imprescindível para o diagnóstico, com maiores chances de tratamento se detectado nas fases iniciais.

Infarto

Embora possa acontecer em ambos os sexos, tem maior ocorrência em homens, por conta de seus hábitos e falta dos exames preventivos.

AVC

Tem como fator de risco a pressão alta, situação que costuma ser corriqueira entre os homens, por conta de hábitos como o fumo, sedentarismo e má alimentação.

Depressão

Embora muitas pessoas não entendam a depressão como doença, acaba atacando muitos homens por terem a tendência de postergar tratamento quando os sintomas se manifestam, por orgulho.

Fechar