Barão de CocaisBarragemMinas GeraisMineraçãoVale

Prefeito de Barão de Cocais se ajoelha para pedir ajuda a deputados; veja vídeo

Um cena curiosa aconteceu ontem (27), na Câmara de Vereadores de Barão de Cocais. No momento em que acontecia reunião com os deputados federais da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho, o prefeito Décio Geraldo dos Santos (PV) tomou a palavra, e, após discursar, finalizou afirmando que “seu povo está precisando de ajuda”. Em seguida se ajoelhou perante os políticos presentes, em gesto de súplica.

Os deputados presentes na sessão eram Júlio Delgado (PSB) e Rogério Corrêa (PT).

Assista abaixo o vídeo completo, pelas lentes do Diário de Barão:

Décio se ajoelha em frente a deputados e pede ajuda para BarãoO prefeito Décio Geraldo dos Santos (PV) protagonizou uma cena inusitada hoje na reunião com os deputados federais da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho, na Câmara de Barão de Cocais. O político disse que “seu povo está precisando de ajuda” e, logo em seguida, se ajoelhou frente aos deputados Júlio Delgado (PSB) e Rogério Corrêa (PT). Assista o vídeo completo. #DiáriodeBarão #BarãodeCocais #Vale #Barragem

Posted by Diário de Barão on Monday, May 27, 2019

 

Nele podemos ver que o Décio dos Santos, antes de se ajoelhar, profere as seguintes palavras: “O povo de Barão está morrendo das várias formas possíveis. Então eu mostrei aqui, hoje, sinceramente, eu não permito que meu povo se curve. Mas eu vou. Num gesto de humildade eu vou curvar, vou ajoelhar, eu preciso de ajuda (4x)”.

Após esse trecho, o prefeito se ajoelhou e, pela enxurrada de palmas, não foi possível distinguir o resto de seu discurso.

Décio chegou a afirmar diversas vezes que estaria trabalhando sozinho por Barão de Cocais. O prefeito chegou a falar que “estava ferrado”.

Barragem

O gesto do prefeito de Barão de Cocais se deve ao momento que a cidade está passando, devido à possibilidade de rompimento da barragem da Mina de Gongo Soco. Em documento produzido pela Vale e divulgado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), constava que a estrutura poderia ceder até o último sábado (25), o que não aconteceu.

Barão de Cocais passa por um momento difícil, onde a população está vivendo assustada. Agências de bancos e os Correios chegaram a fechar as portas com medo do iminente rompimento. A Vale vem realizando treinamentos com a população de Barão, para evacuação em caso de desastre.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar