Prefeitura de Belo Horizonte doará R$ 20 milhões em cestas básicas para aglomerados

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou que a PBH irá doar R$ 20 milhões em cestas básicas para moradores de aglomerados da capital mineira. A ação vem juntamente com a doação de cestas básicas para alunos da rede pública municipal de educação, que ficarão sem a merenda escolar no período de quarentena em prevenção ao novo coronavírus (COVID-19).

“Nós vamos cadastrar esse pessoal. Temos o Cadastro Único. Ontem (domingo, 29) me reuni com o Fleury, secretário da Fazenda, e ele me deu matematicamente o que temos em sobra para investir nesse povo. Nós estamos preocupados com essa gente também, não é com caminhonete com cabine dupla, passeando com bandeira. Tem gente sofrendo muito, nós vamos tentar ser o mais rápido possível. Já determinei hoje que sejam tomadas as providências para que esse pessoal seja assistido”, disse Kalil em entrevista ao MG1, da Rede Globo.

Outra medida tomada por Kalil em relação ao novo coronavírus foi o cancelamento do corte de salários dos professores da rede municipal que fizeram greve de 21 dias antes da pandemia do COVID-19 se alastrar. Segundo a PBH, este é um momento de união, se referindo às dificuldades causadas pelo coronavírus.

Veja também: Professores grevistas da rede pública de Belo Horizonte não terão salário cortado

Comentários