A Samarco está com as inscrições abertas para o seu programa de estágio de 2023. Ao todo, 46 vagas serão ofertadas para estudantes de nível técnico e superior.

Os estudantes selecionando vão atuar no estado de Espírito Santo, no Complexo de Ubu, e em Minas Gerais, no Complexo Germano, nas cidades de Belo Horizonte, Rio Doce e Santa Cruz do Escalvado.

Podem se candidatar alunos das seguintes áreas:

  • Administração de Empresas
  • Engenharia – Outras
  • Gestão Empresarial
  • Manutenção Industrial
  • Mineração
  • Produção/Fabricação
  • Serviços Técnicos – Mecânicos
  • Serviços Técnicos – Outros

Além de pertencer a alguma das áreas acima, é necessário atender os seguintes requisitos:

  • Cursos de nível superior – Cursando a partir do 3ºperíodo
  • Cursos de nível técnico – Cursando a partir do 1º módulo
  • Disponibilidade para estagiar por no mínimo 1 ano

Os estágios serão realizados em dois horários possíveis, com 4 horas diárias, de 7h30 às 11h30, ou de 6 horas diárias, de 7h30 às 14h30. A previsão de início é em julho de 2023.

Os candidatos passarão por várias etapas de seleção. São elas:

  • Inscrições
  • Teste de conhecimentos específicos
  • Entrevista coletiva/individual
  • Avaliação psicológica
  • Entrevista com gestor
  • Exame admissional
  • Admissão

As inscrições se encerram no dia 8 de maio, e podem ser feita na página da Samarco no site VAGAS. A Samarco incentiva que pessoas com deficiência, diferentes raças, identidades de gênero e orientações sexuais se candidatem às vagas.

Sobre a Samarco

Empresa de capital fechado que atua no segmento de mineração, uma joint venture de propriedade da Vale e BHP. Com sede em Belo Horizonte (MG), tem unidades operacionais em Minas Gerais e no Espírito Santo. O principal produto são as pelotas de minério de ferro, matéria-prima para a produção de aço pela indústria siderúrgica. A Samarco retomou as operações de uma maneira diferente, com novas tecnologias e mais segurança, buscando gerar valor duradouro para o território onde atua.

A companhia projeta a voltar a operar com 100% da capacidade em 2028. ano em que a empresa considera que se sentirá segura para chegar ao máximo da sua capacidade, considerando que companhia tem investido cada vez mais em segurança para que o episódio do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), não se repita.

COMENTÁRIOS
Share.

Sócio proprietário e fundador do Mais Minas e jornalista em formação pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Redator de cidades, tecnologia e política, além de link builder.