Previna-se! Saiba quais as vacinas essenciais para quem vai curtir o carnaval

Faltando menos de um mês para o carnaval, os foliões já começam a ficar ainda mais animados e ansiosos para essa época do ano. Mas, antes de colocar o “pé no samba”, é necessário se lembrar de cuidados básicos para curtir a folia com segurança. O Mais Minas separou algumas vacinas essenciais para você tomar antes de cair na farra.

Você pode estar pensando que com menos de um mês, o efeito da vacina não consiga agir até o carnaval, mas é aí que você se engana! Tomando as doses até a sexta-feira (7), determinadas imunizações fazem efeito a tempo da folia.

Por isso, se você vai pular carnaval e pretende estar imunizado contra as doenças, procure o quanto antes, um posto de saúde para se proteger.

Sarampo, rubéola e caxumba

Essa é a conhecida vacina da tríplice viral, destinada a crianças, adolescentes e adultos. Para estar totalmente protegido é preciso que se tenha tomado duas doses na vida: geralmente uma de 1 a 29 anos e outra de 30 aos 49 anos. O efeito da dose em questão acontece em até 15 dias.

Febre Amarela

A febre amarela, já muito conhecida mundialmente, também tem uma vacina muito eficaz e segura. Ela é distribuída em dose única ou em dose dupla até os quatro anos e seu efeito acontece em até 10 dias.

Hepatite B

Esteja atento ao seu cartão de vacina: a hepatite B possui quatro doses distribuídas da seguinte maneira: uma ao nascer e depois aos 2, 4 e 6 meses de idade. Os adultos que não possuem a imunização devem seguir a vacinação em três doses. O efeito acontece 15 dias após a última dose necessária.

Tétano

Crianças de até cinco anos devem estar vacinada com três doses. É necessário que seja tomada a cada dez anos uma nova dose de reforço para garantir a proteção. Seu efeito também acontece em até 15 dias.

Essas vacinas essenciais para a folia estão disponíveis gratuitamente em mais de 150 postos de saúde na capital mineira.Veja os principais postos de saúde na cidade de Belo Horizonte:

Leia também: Vacina da gripe será dada a partir de 55 anos

Deixe seu comentário