Quase três anos após eleições, Celso Cota assume a prefeitura de Mariana

Por Rodolpho Bohrer
0 comment

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por maioria, deu provimento aos recursos especiais interpostos por Celso Cota Neto e pela Coligação Avança Mariana e agora o prefeito eleito em 2020 poderá assumir a prefeitura de Mariana. Quase três anos após às eleições, Celso Cota obteve o deferimento do seu pedido de registro de candidatura do pleito de 2020 após recorrer no TSE.

Quase três anos após eleições, Celso Cota assume a prefeitura de Mariana
Celso Cota - Foto: reprodução/Facebook

Na decisão, o TSE determinou ainda que o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) adote as providências necessárias à diplomação e posse dos eleitos, mediante, entre outras providências, a comunicação ao Juízo Eleitoral da 171ª (centésima septuagésima primeira) Zona Eleitoral e à Câmara Municipal de Mariana/MG, e julgou procedente o pedido da tutela antecipada antecedente, nos termos do voto do Relator, vencidos parcialmente a Ministra Cármen Lúcia e o Ministro Nunes Marques. Foram favoráveis a Celso Cota os ministros André Ramos Tavares (relator), Benedito Gonçalves, Raul Araújo e Alexandre de Moraes (Presidente).

Até então, três vereadores, como presidentes (e vice) da Câmara, assumiram de forma interina o Executivo do município, que atualmente é comandado por Edson Agostinho, o Leitão.

Confira a transmissão da Sessão Plenária que ocorreu nesta sexta-feira, 17 de agosto:

Comentários Facebook

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS