RenovaBR tem 16 pré-candidatos a prefeitos em municípios mineiros

A arquiteta Juliana Sales nasceu e cresceu em Nova Lima. Entrou na primeira turma do RenovaBR em 2018. O primeiro curso reforçou seu desejo de entrar na política e a ajudou a se preparar para disputar um cargo eletivo. Em sua primeira tentativa, Juliana concorreu ao cargo de deputada estadual e recebeu surpreendentemente, mais de 9 mil votos. Neste ano, Juliana está matriculada no módulo avançado do RenovaBR Cidades e  quer concorrer ao cargo de prefeita no seu município.

Mais de 20 quilômetros de Nova Lima, o engenheiro Rodrigo Paiva também é aluno da nova etapa avançada do curso RenovaBR e quer concorrer ao cargo de prefeito em Belo Horizonte. Filho de pai médico e mãe veterinária, Rodrigo fez carreira na área de inovação e decidiu entrar para a política para incentivar o empreendedorismo. Como candidato ao Senado em 2018 obteve quase 1,4 milhões de votos no estado.

Hoje, Juliana e Rodrigo fazem parte dos 16 alunos mineiros do RenovaBR que querem concorrer ao cargo de prefeitos em seus municípios:  Belo Horizonte, Boa Esperança, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Divinópolis, Itabira, Janaúba, Juiz de Fora, Nova Lima, Paracatu, Passa Tempo, Patos de Minas, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Uberaba e Uberlândia. Eles são filiados a oito partidos: NOVO, CIDADANIA, PV, REDE, PSDB, PDT, PODEMOS e DEM.

Nesta etapa avançada que vai até junho, o objetivo é que os pré-candidatos possam aprender ainda mais sobre os problemas de seus municípios e se capacitem para criar soluções concretas para esses problemas. As aulas são presenciais e online com mais 40 horas de dedicação e 27 disciplinas e especialistas renomados dos mais diversos temas, divididos em dois pilares: comunicação política e desafios dos municípios.

“Nessa turma vamos tratar de temas essenciais, como desenvolvimento urbano, educação em primeira infância, saúde, água, esgoto. Problemas reais das cidades brasileiras. E isso não tem lado, não tem ideologia. O RenovaBR estuda e ensina a partir de dados, evidências científicas e exemplos de projetos bem-sucedidos Brasil afora. É primordial repensar as cidades, que é onde as pessoas moram”, afirma o fundador do RenovaBR, Eduardo Mufarej.

No ano passado, estes 16 alunos competiram com 31 mil inscritos no processo seletivo, cumpriram 96 horas de dedicação de aulas e exercícios. Para permanecer no curso, neste módulo avançado, tiveram que ser aprovados em uma entrevista e desempenho acadêmico.

“Assim que decidi me envolver na política, percebi que precisava conhecer melhor o seu funcionamento. Pesquisei e descobri o RenovaBR, que foi primordial na minha formação. Certamente estou preparada para discutir sobre o assunto. O RenovaBR fez toda essa diferença”, conta a aluna Simone Diniz que quer concorrer ao cargo de prefeita em Pedro Leopoldo.

Só em Minas Gerais, o RenovaBR tem 80 alunos do Módulo Avançado e 42 alunos do Programa de Extensão que pretendem concorrer nestas eleições municipais. Em 2018, no primeiro curso de formação da escola, oito mineiros foram capacitados e hoje são lideranças RenovaBR. Entre eles Tiago Mitraud e Lucas Gonzalez, eleitos deputados federais, que juntos somam mais de 135 mil votos.

 

Mais sobre as turmas RenovaBR de 2020

Dos 620 alunos selecionados para prosseguir com o Módulo Avançado do RenovaBR Cidades, 120 pretendem concorrer ao cargo de prefeito de 104 municípios e 500 pretendem concorrer ao cargo de vereador de 166 municípios. Os alunos pertencem a todos os estados e capitais do país, sendo 30% deles mulheres e 44% pretos, pardos e indígenas. Eles também são filiados a 30 partidos políticos diferentes.

Além do Módulo Avançado Executivo e Legislativo, o RenovaBR também estará ministrando um Programa de Extensão com 300 alunos, selecionados do total de formados do ano passado. Esse módulo também será uma etapa avançada, mas contará apenas com aulas na modalidade de Ensino a Distância.

As aulas, tanto do módulo de Ensino a Distância, como presenciais, serão divididas em dois pilares: desafios dos municípios e comunicação política. O pilar de liderança, que foi um dos temas das aulas na primeira etapa do curso, será realizado por meio de exercícios práticos.

 

Mais sobre o Módulo Avançado

O Módulo Avançado contará com aulas online e presenciais, tanto para quem tem interesse em se candidatar ao cargo de prefeito, como de vereador. Parte da grade curricular do curso será igual para ambos os grupos e a outra parte será específica para cada área de atuação – Módulo Avançado Executivo e Módulo Avançado Legislativo.

O Módulo Avançado Executivo – para quem tem interesse em concorrer ao cargo de prefeito – as primeiras aulas presenciais vão acontecer nos dias 7,8 e 9 e 14,15 e 16 de fevereiro em São Paulo, com duas grandes turmas.  Nos meses de março e abril as aulas acontecerão pela plataforma online. O módulo terá duração de quatro meses, 45 horas de dedicação- sendo 40 horas de aulas presenciais e cinco horas pela plataforma online. A nova etapa contará com 27 disciplinas, como storytelling, desenho de políticas públicas e marca pessoal.

O Módulo Avançado Legislativo – para que tem interesse em concorrer ao cargo de vereador – as aulas presenciais tambémvão acontecer nos dias 7,8 e 9 e 14,15 e 16 de fevereiro em São Paulo, com duas grandes turmas. Do mês de março até maio as aulas serão assistidas pela plataforma online. O módulo terá duração de quatro meses, 35 horas de dedicação- sendo 25 horas de aulas presenciais e 10 horas pela plataforma online. A nova etapa contará com 26 disciplinas, como fiscalização no legislativo, articulação política e mobilização e campanha de rua.

Além das disciplinas eletivas haverá durante as aulas presenciais, cinco aulas optativas: mobilidade, saúde, educação, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social. Os alunos que pretendem concorrer às prefeituras deverão fazer duas matérias optativas das cinco, enquanto os futuros vereadores precisarão escolher e concluir, uma matéria optativa.

 

Mais sobre o RenovaBR:

O RenovaBR foi fundado em outubro de 2017 e formou 133 lideranças políticas. Desse total, 17 foram eleitas em 2018. Na ocasião, os integrantes do RenovaBR receberam mais de 4,5 milhões de votos.

Deixe seu comentário