Romeu Zema, governador de Minas, testa negativo para o coronavírus

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), não está com o novo coronavírus, de acordo com os exames feitos pelo político. Após ter contato com pelo menos duas portadoras do vírus, Zema passou a ser suspeito de ter contraído a doença, mas o resultado de seus testes, que chegaram ontem (17), deram negativo para o porte do vírus.

Romeu Zema não chegou a apresentar sintomas da doença, e se isolou por vontade própria após descobrir que Flávio Roscoe, presidente da Fiemg, com quem esteve na última quinta-feira (12), testou positivo para o novo coronavírus.

Com o resultado negativo, Romeu Zema volta agora ao trabalho e já informou que hoje estará na Cidade Administrativa, mesmo tendo decretado ponto facultativo.

Estado de emergência

Após a confirmação de casos de coronavírus no estado de Minas Gerais, o Governo de Minas decretou situação de emergência em saúde pela epidemia da doença no país. O texto foi publicado na última sexta-feira (13), no Diário Oficial Minas Gerais.

O decreto foi assinado durante a manhã, pelo governador Romeu Zema, e entra em vigor a partir do dia de publicação, durando enquanto perdurar o estado de emergência causado pelo vírus (Covid-19). Sendo assim, o texto prevê realizações de exames médicos, coleta de amostras clínicas, testes laboratoriais e vacinação.

No último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), consta que até ontem (17), Minas Gerais tinha 14 casos de coronavírus confirmados, 692 em investigação e 88 descartados. A cidade com maior número de confirmados é Belo Horizonte, com cinco.

Leia mais: Belo Horizonte tem cinco casos confirmados de coronavírus

Comentários