Seis motivos que fazem Ouro Preto ser especial

Destaques

Número de mortes por coronavírus em Minas Gerais chega a dezessete

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou, na manhã deste sábado (10), mais um Informe...

Sons of Anarchy: a apaixonante série que une motocicletas, ação e muito drama

O período de isolamento social é uma ótima oportunidade para colocar as séries em dia ou começar a acompanhar...

Zema afirma que primeira parcela será paga para servidores na próxima quarta-feira (15)

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou ontem (9), em coletiva no Palácio do Planalto, em Brasília,...

Programação de lives desta sexta-feira (10/04); shows na quarentena

Continuando com o trabalho de entreter os brasileiros que estão em casa por recomendação da Organização Mundial da Saúde...

Sexta-feira Santa: memória da Paixão e Morte de Jesus Cristo

Na Sexta-feira Santa, os cristãos relembram o sofrimento e a morte de Jesus. Segundo a tradição bíblica, naquele dia...

A cidade de Ouro Preto, localizada em Minas Gerais, é um dos destinos mais procurados do Brasil. Com um pouco mais de 70 mil habitantes, a antiga Vila Rica resguarda riquezas bem peculiares que tornam o lugar singular. Confira seis motivos que fazem Ouro Preto ser especial.

1 – Arquitetura

Igreja Nossa Senhora do Carmo em Ouro Preto.
Crédito da foto: Mais Minas

Ouro Preto foi criada em 1711, ou seja, é uma cidade do século XVIII. Considerado um dos principais municípios do Ciclo do Ouro, o local é tombado e reconhecido pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade.

O “Museu a Céu Aberto” possui a mesma arquitetura de quando foi criada, possuindo um grande núcleo de casario colonial essencialmente intacto. Além disso, em Ouro Preto, há várias igrejas católicas que entregam muito charme à cidade. As mais visitadas são: Basílica Matriz de Nossa Senhora do Pilar, Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, Igreja de São Francisco de Assis, Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Igreja São Francisco de Paula, Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões, entre outras.

2 – Minas

Mina do Chico Rei em Ouro Preto.
Crédito da foto: divulgação/Minas do Chico Rei

Quem vê a irresistível Ouro Preto não imagina que por debaixo da cidade há vários labirintos e túneis onde eram transportadas toneladas de ouro no século XVIII, as conhecida minas.

Algumas são abertas para a visitação e possuem uma energia astral inexplicável. Quando você entra em uma mina de Ouro Preto, várias emoções podem ser sentidas, desde o contato mais próximo com a natureza,  até a lembrança da escravatura dos negros, que eram as principais pessoas que trabalhavam nos locais.

Conheça algumas minas: Mina do Chico Rei, Mina du Veloso, Mina Felipe dos Santos, Mina do Jeje, Mina de Santa Rita e Mina de Passagem de Mariana, essa última não faz parte de Ouro Preto, porém é localizada bem próximo da cidade.

3 – Natureza

Pico do Itacolomy.
Crédito da foto: Mais Minas

O ecoturismo também é muito procurado em Ouro Preto. Tendo em vista que o relevo da cidade é muito montanhoso, muitos turistas escolhem a cidade histórica para passear com o objetivo de explorar as belezas naturais do local.

Um dos lugares mais buscados é o Parque Itacolomy, onde está inserido o Pico do Itacolomy, uma formação rochosa com 1.772 metros de altitude localizada na divisa dos municípios de Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais.

Outros destaques do ecoturismo ouro-pretano são: Represa do Custódio (Lavras Novas), Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira dos Namorados, Estação Ecológica do Tripuí e Cachoeira Bigode do Chinês.

4 – Boemia

Eventos em Ouro Preto.
Crédito da foto: Mais Minas

Quando a noite cai, Ouro Preto fica ainda mais interessante, pois é o momento em que os bares e restaurantes abrem as portas para receber todo o tipo de público, principalmente os boêmios.

Os lugares de maior destaque investem em música ao vivo, principalmente a música mineira que, embalando à noite, aquecem os corações dos turistas.

A cidade também é palco de um belo carnaval, além de um renomado Festival de Inverno, Cineop, Tudo é Jazz, eventos religiosos como a Semana Santa e Corpus Christi, além de diversas festas nos seus distritos, que agitam às comunidades promovendo a comunicação entre turistas e a população nativa.

5 – Clima

Clima frio.
Crédito da foto: Mais Minas

As baixas temperaturas de Ouro Preto são marcantes. Muitos casais escolhem Vila Rica para passarem a lua de mel ou fazer passeio romântico justamente por causa do clima, que por si só une as pessoas. Com a “paisagem da janela” então… tudo fica envolvente e fascinante. O local é o panorama de muitos relacionamentos.

6 – Arte

Bonecões.
Crédito da foto: Elis Bohrer/Mais Minas

É impossível falar de Ouro Preto sem mencionar a arte. Além dos renomados Alejadinho e Mestre Ataíde, que trouxeram a arte barroca para Minas Gerais, por ser encantadora, a cidade já inspirou diversos artistas, tornando-se um celeiro cultural.

O Congado, a Folia de Reis, Escolas de Samba, associações musicais (bandas), corais, vários artistas plásticos espelhados, atores e músicos se harmonizam com a beleza de Ouro Preto e fortalecem o conceito de que a cidade respira arte.

- Advertisement -