Servidores do IFMG – Campus Ouro Preto fabricam protetores faciais para doação a profissionais da saúde

Tecnologia a favor da saúde e da solidariedade: servidores do curso técnico em Automação Industrial do IFMG – Campus Ouro Preto estão empenhados, há cerca de um mês, na produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) destinados a profissionais da saúde envolvidos no combate ao Coronavírus. A equipe conta com reforços de alunos, ex-alunos e servidores da UFOP, além de empresários da região.

Até o momento, cerca de 450 máscaras do tipo Face Shield já foram doadas a hospitais, instituições filantrópicas, laboratórios de análises clínicas, secretarias de saúde e profissionais liberais de Ouro Preto e Mariana. Os EPIs são acompanhados de manual contendo orientações de montagem e limpeza. A partir de um levantamento realizado pelos voluntários, entretanto, há demanda para a produção de aproximadamente 1.200 máscaras.

Para fabricação dos EPIs, a equipe produz, em impressoras 3D, os suportes que integram as máscaras. Além de material enviado pela reitoria do IFMG, a equipe conta com a doação de insumos, como filamentos (ABS ou PLA ou PETG), acetato (ou placa de PVC semi-rígida) e elástico, e também de recursos financeiros para que possa aumentar a produção. “A ajuda da comunidade tem sido fundamental. Vamos continuar produzindo máscaras enquanto tivermos material para isso. A ideia é não parar e atender ao máximo de demanda possível”, destaca a professora Sílvia Grasiella Almeida, que integra a equipe.

Crédito da foto: Foto cedidas pela equipe de voluntários

Contribua com a campanha!

Aqueles que desejarem contribuir de alguma forma podem fazer contato com a professora, para orientações, pelo e-mail [email protected]. É possível contribuir, também, por meio de uma vaquinha virtual: https://abacashi.com/p/combate-covid-19.

Cadastro para profissionais da saúde da rede particular

Devido à grande quantidade de profissionais da rede particular de saúde que têm procurado a equipe de voluntários do IFMG e parceiros para comprar protetores faciais, que se encontram em falta no mercado, a equipe está criando uma plataforma de cadastramento para que esses profissionais recebam, de forma gratuita, os EPIs. Embora a prioridade no momento seja o atendimento aos hospitais da região, essas entregas ocorrerão aos poucos e terão caráter individual, isto é, uma unidade de protetor por profissional cadastrado. Para ter acesso ao cadastro basta entrar em contato com representantes da campanha por meio de seus perfis no Instagram: @guilhermewalter;
@silvia.almeida.543 e @gradimilo

Comentários